Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011

Kadhafi era um simples oficial do exército líbio e programa em 1969 um golpe de Estado e derruba o rei Idriz.

Kadhafi lança o manifesto do "livro verde" "socialismo árabe" escrito por ele próprio.

Este manifesto lança a "democracia directa", ou seja, o povo é objectivamente quem "detém o poder e exerceu" dentro da perspectiva do socialismo árabe.

Kadhafi tenta exportar este conceito para o mundo e apoia diversos grupos de guerrilha urbana na Europa e alguns países no mundo árabe.

Fala-se do IRA , das FP 25 de Abril e talvez a ETA e outros.

Pensa-se que Otelo baseava a sua politica no "livro verde de Kadhafi".

O partido de Kadhafi também esteve diversas vezes na festa do Avante.

Com a queda do muro de Berlim também Kadhafi sofreu uma metamorfose.

Começa a ditadura de Kadhafi com mais ditadura.

Particularmente depois do suposto atentado dos serviços secretos líbios contra o avião da PANAM, os líbios ficaram em maus lençóis.

Os americanos eeuropeus decretaram diversas sanções económicas e outras com a Líbia e estes ficam com diversas carências em virtude das sanções.

Depois Kadhafi entrega o suposto terrorista aos americanos e as sanções amainam.

Começam o investimento de países europeus na Líbia e praticamente o "livro verde" de Kadhafi é mandado as urtigas.

Portugal é dos países que investe na Líbia muitos milhões em troca recebe petróleo.

A coisa parecia encaminhar-se para mais e maiores investimentos na Líbia por parte dos europeus.

Eis que aparece a revolta da Tunísia e alastra ao Egipto e depois a outros países árabes e a Líbia está logo ali.

Por muito que o povo líbio viva bem ou mal o desejo de liberdade é sempre maior e alastra o conflito a diversas cidades do país.

Kadhafi segundo relatos manda reprimir e lança gasolina na fogueira.

Os estados europeus temendo perder o controlo da situação e o negócio deixam Kadhafi a sua sorte.

Os amigos de ontem tornam-se em inimigos e lançam novamente sanções económicas e embargo de armas, através da ONU.

Outra das sanções é entregar Kadhafi ao TPI por mandar disparar contra o povo.

Só que os Estados europeus esquece-se de entregar quem mandou invadir o Iraque e reuniu nas Lajes.

Até alguns governantes portugueses estiveram há pouco tempo na tenda de Kadhafi nos 40 anos da "revolução líbia".

Entre abraços e beijinhos até Sócrates sem ponta de vergonha está em todas, diz que faz negócio independentemente de quem esteja no governo do país, até pode ser o maior ditador e assassino, o negócio está primeiro.

Não haja dúvida que temos homem.

Pronto, agora é esperar pelo euromilhões a ver no que dá a Líbia.

 

 



publicado por uon às 16:07 | link do post

Informamos al público de que el Estado de Serbia continúa con su represión contra nuestra organización. Esta vez en la forma de investigación policial al Secretario General de ASI, Milan Stojanovic, bajo sospecha de cometer un crimen de “robo de vehículo de motor con fractura, allanamiento y amenaza” por el cual, la posible sentencia es de hasta cinco años de prisión.

Por ejemplo, en el año 2006 Milan fue testigo de una investigación llevada a cabo por un mismo crimen y fue despedido al poco tiempo. Ahora, cinco años después, la acusación ha desenterrado el caso, y Milan ha cambiado misteriosamente su papel de testigo a acusado. Para hacer las cosas aún más absurdas, Milan no sabe conducir, de hecho ni siquiera ha arrancado nunca un coche.

Este es sólo el último (de momento) dentro de una ronda de procesos judiciales fraguados contra los miembros de la Iniciativa Anarcosindicalista-ASI.

Señalamos que hace año y medio seis anarquistas fueron acusados de terrorismo internacional, tres miembros del Grupo Local de Vrsac de ASI fueron tratados de sospechosos de obstrucción a la justicia y un ciudadano croata, que vino a Belgrado en apoyo de sus compañeros detenidos, estuvo más de seis meses bajo la prohibición de abandonar el país. Los miembros de ASI hasta el momento han pasado en prisión casi mil días, es decir, casi tres años. ¡En ni uno sólo de los casos mencionados la acusación ha conseguido probar culpabilidad alguna! A todo esto añadimos un ataque físico al Secretario del Grupo Local de ASI de Kragujevac por la policía y numerosas amenazas, acosos e interrogatorios llevados a cabo por la policía, así como amenazas y ataques desde los grupos fascistas parapoliciales.

Iniciativa Anarcosindicalista-ASI está en lucha por una sociedad basada en la libertad individual y colectiva, la igualdad, solidaridad y ayuda mutua; libre de todas formas de represión, jerarquía y autoridad de un hombre sobre otro. Señala las contradicciones esenciales de la sociedad en que vivimos y las injusticias cometidas por la clase gobernante.

Debido a esto, las autoridades no dudan en utilizar todos los recursos disponibles para detener el trabajo de nuestra organización. A sabiendas, arrestan y acusan gente inocente para silenciar toda crítica y asegurar una explotación, robo y opresión ininterrumpida a la gente.

¡Este montaje de acusaciones y pruebas falsas contra nuestros miembros debe terminar!

¡Pedimos la cancelación del proceso judicial contra Milan Stojanovic, Secretario General de ASI!

¡Demandamos el fin de la represión contra nuestra organización!

 

Confederación Sindical “Iniciativa Anarcosindicalista”-ASI

Sección de la Asociación Internacional de los Trabajadores

Belgrado



publicado por uon às 14:28 | link do post

Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011

A administração do Pingo Doce retirou 15 milhões de euros aos quase 300 milhões de euros de lucro anual e distribuiu aos trabalhadores da empresa, não deixa de ser uma retirada miserável atendendo aos lucros da empresa.

Cada trabalhador do Pingo Doce vai receber uma média de 275 euros dados pela administração da empresa.

Os trabalhadores do Pingo Doce deverão ganhar (não sabemos ao certo) uma média de 700 euros  mensais  o que quer dizer que uns ganham mais e outros menos, o que nos dias de hoje é uma miséria, dado o custo de vida que os trabalhadores mais mal pagos sentem.

O ordenado mensal acrescido dos tais 275 euros anuais, digamos que é uma oferta hábil para comprar o trabalhador para que ele deixe de reclamar os seus direitos laborais e continue a ser explorado por esta cadeia de supermercados.



publicado por uon às 14:25 | link do post

Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2011

O Governo, Oposição e empresários andam sempre com o credo na boca em relação ao desemprego.

Todos querem acabar com o desemprego.

Trabalham, reúnem, matam a cabeça, depois lá vem alguma para acabar com o desemprego, mas o desemprego sobe sobe.

Dizem é preciso aumentar as exportações, abrir mais empresas, mas o que é que se vê, empresas a fechar e a falir todos os dias.

E vai daí aumentam a idade de reforma para os que não trabalham estarem sempre desempregados.

Pois, não matem mais a cabeça temos aqui uma alternativa pronta a sair do forno para a mesa.

Diminuam o horário de trabalho para 5 horas diárias, sem perda de salários e está o assunto resolvido.

A margem de desemprego desce em catadupa e há lugar para mais uns milhões trabalharem e liberta muita gente para poder estar com quem quiser.

 

 

 

 



publicado por uon às 10:13 | link do post

http://cntelx.blogspot.com/

 

 

CARREFOUR DESPIDE, LA CNT EN LUCHA. SOLIDARIDAD Y APOYO MUTUO, SI NOS TOCAN A UN@ NOS TOCAN A TOD@S.



publicado por uon às 09:33 | link do post

Quarta-feira, 16 de Fevereiro de 2011

Segundo a Vereadora da Habitação da CML Helena Roseta reconhece que há situações de abuso, em matéria de rendas.

Que abusos?

A Câmara quer rever as rendas de casa das habitações municipais por que acha que uns pagam pouco e outros pagam muito e outros não pagam nada.

Mas nesta terra sempre assim foi uns recebem muito outros pouco e outros não recebem nada...até um dia...

Quando vem uma reforma na habitação ou outra, geralmente quem fica prejudicado é sempre o mesmo e que é o mesmo, os debaixo.

Quem a viu a quem a vê a Roseta em manifestações pelo direito habitação, em Lisboa e agora que se encontra num lugar de eleição, já não luta pela habitação, mas contra a habitação, senão basta ver os prédios da cidade de Lisboa a cair de podres e cada vez mais deserta e a câmara nada faz e não deixam ninguém okupar, porque manda a razão da força.

A Câmara prepara também privatizações e externalizações de serviços municipais para agradar a amigos e afilhados.

É assim mudam-se os tempos, mudam-se as vontades...

 

 



publicado por uon às 14:35 | link do post

Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011

A política de direita deste governo, em em muitos de extrema direita que Sócrates tem levado a cabo nos últimos tempos só tem arruinado os trabalhadores deste país que geram a riqueza do seu esforço de trabalho e cada dia que passa estão cada vez mais pobres.

As exportações se subiram não caíram do cêu aos trambolhões, deve-se à produção gerada pela classe produtiva e não ao governo ou aos patrões que nada fazem, a não ser gerir o esforço de quem trabalha.

Os trabalhadores geram a riqueza e em troca recebem mais desemprego, menos  salário, mais repressão, mais precariedade e mais leis anti-laborais, por que o governo e o patronato estão sempre a dizer que é necessário alterar as leis laborais, para ter mais competitividade, mas esta competição cheira a exploração que transanda.

É tempo dos trabalhadores se afirmarem e reclamarem o que é seu dentro das empresas e AUTOGESTÃO DOS  MEIOS E RECURSOS É O CAMINHO.

A revolução egípcia pode ser uma rampa de lançamento e um caminho para os trabalhadores de todo o mundo se libertarem das amarras que os acorrentam.

 



publicado por uon às 17:29 | link do post

 

A nossa solidariedade para com os trabalhadores imigrantes em greve da fome na Grécia é incondicional

A imigração não é um crime, nem um problema. É a política da União Europeia, que é criminosa e altamente problemática. O Pacto Europeu sobre Imigração e Asilo de 2008- essa política desumana que os persegue há anos- foi agora reforçado numa versão mais agressiva do que nunca.. Embora as medidas necessárias em matéria de asilo e de imigração sejam mencionadas o objetivo principal é o reforço das fronteiras,a exclusão e a expulsão.

É uma declaração de guerra contra os imigrantes. uma proibição explícita da legalização dos imigrantes em geral.

Desde 25 Janeiro 2011 são 300 os imigrantes na Grécia em greve de fome, para exigir a sua legalização

A privação de direitos de pessoas por causa de sua origem não acontecerá apenas na Grécia, mas em toda a Europa.
A solidariedade para com a sua luta passa por uma oposição concreta ao reforço de fronteiras e à exclusão dos imigrantes, tal como praticada na Europa.

Os imigrantes em greve da fome na Grécia decidiram lutar pelos seus direitos. E com toda a razão! Num clima de repressão brutal em que aumentam as polémicas anti-imigrantes,em que as perseguições são já visíveis por todo o lado, os mortos e feridos por xenofobia começam a ser perigosamente banais, temos de agir!

Não só na Grécia, mas em toda a Europa e em todo o lado, temos de lutar por direitos iguais para todos.

A nossa solidariedade para com os trabalhadores imigrantes em greve da fome na Grécia é incondicional.

Legalização já! Igualdade de direitos já! Abolição das fronteiras!

Iniciativa Anarquista em Portugal de solidariedade com a luta dos imigrantes em greve da fome na Grécia



publicado por uon às 09:49 | link do post

Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2011

Paulo Portas foi eleito novamente lider do CDS com mais de 95 % dos votos dos militantes do CDS.

Portas não teve concorrência.

Em linguagem futebolistica equipa que ganha não se mexe.

O homem gosta de brincar é com submarinos a tona de água.

Esta votação faz inveja a qualquer ditador africano, asiático ou europeus mais democrático.

Também é de fazer inveja ao ditador Sócrates que é novamente candidato ao trono do PS e possívelmente também não terá concorrência.

Sócrates quando fala para a plateia toda a gente baixa a orelhas, por que o homem tornou-se dono da verdade, mas toda gente sabe que estão apenas a fazer número, porque tudo o que diz é balofo e já ninguém acredita.

 

 



publicado por uon às 15:40 | link do post

Sexta-feira, 11 de Fevereiro de 2011

Foi um semana desgastante para os trabalhadores de Lisboa e Porto e arredores.

Na segunda-feira estiveram em greve o metro de Lisboa com adesão quase total.

Obrigou milhares de pessoas trazer os automóveis para a cidade ou a palmilhar a pé até chegar ao trabalho por que os transportes rodoviários ficam entupidos com os particulares.

Na terça-feira foi a greve da Transtejo que impacto significativo para as populações que vivem em ambos os lados do rio.

Na quarta-feira a greve da Carris não teve quase impacto significativo.

Na quinta-feira a greve da CP, voltou a ter uma adesão estrondosa em todo o país, nas horas de ponta, com particular impacto na áreas urbanas de Lisboa e Porto.

Hoje foi a greve da Soflusa com barcos parados no Barreiro.

A política do governo com cortes nos salários está a ressuscitar a luta dos trabalhadores contra este status quo.

Melhor moção de censura contra Sócrates só podia ser uma Greve Geral, mas as sem trais CGTP/UGT querem passar um ar que são muito responsáveis e fazem dos trabalhadores um joguete.

No final temos um país a beira do abismo muito por culpa de quem manda nos sin-di-ca-tos.

 

 

 



publicado por uon às 14:41 | link do post

Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
15

16
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

O fenómemo Mélanchon

1º Maio Barcelona

PNR: um Estado forte prot...

Comunicado para o 25 de A...

Governo "poupadinho" não ...

Quantas reformas são prec...

Desporto transformado num...

A guerra de classes entre...

Bairro Padre Cruz:câmara ...

Mais um ataque cobarde do...

arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Março 2006

favoritos

Letra da Internacional An...

4 Julho de 1937:Foto do a...

Cartaz

Luta anarquista a Norte

Feira do Livro anarquista

O anarquismo na história ...

A accão directa é...

Filme "Memória Subversiva...

Consultório laboral

Projecto de Estatutos da ...

links
desde 23/05/11
contador de visitas
compteur de visite
agora
blogs SAPO