Segunda-feira, 19 de Março de 2007
O Indymedia Portugal mudou. Primeiro mudou de servidor, motivo pelo qual esteve inacessível nos últimos dias, e poderá temporariamente voltar a estar. Mas surgiu também a necessidade de repensar o funcionamento da página: os princípios editoriais, as dinâmicas adquiridas ao longo do tempo, a disposição gráfica e os problemas derivados do mau uso que se faz de uma ferramenta que se quer construtiva e de debate enriquecedor.

A vontade é de quebrar com uma realidade de estagnação e alguns mal entendidos em relação ao que consideramos que deve ser um projecto de contra-informação na Internet.

A presente dinâmica encontrada nos comentários, por exemplo, do nosso ponto de vista, é uma atenuante da utilidade da página: entre outros, a importância "aleatória" de determinadas noticias, conferida unicamente pela existência de polémicas muitas vezes pessoais e insultuosas que alimentavam o destaque dado à notícia na barra dos comentários. Por outro lado a existência de pessoas ou grupos estranhos aos princípios e objectivos anti-capitalistas e anti-autoritários do Indymedia mas que beneficiam do formato "publicação aberta" e abusam do seu sentido com propaganda massiva.

O Indymedia existe para dar voz aos que não a têm, reduzidos ao silêncio nos meios de comunicação criados e sustentados pelo sistema, que iludem descrevendo "realidades" e emitindo opiniões do interesse das camadas dominantes da economia, seleccionadas e globalmente difundidas, destinadas a encobrir a dura verdade e a conformar artificialmente a opinião pública, manipulando o medo e a mentira, levando-a a aceitar o inaceitável.

Acreditamos que a Censura existe sobretudo no excesso de desinformação que nos rodeia, e porque achamos que as opiniões "dominantes" já têm o seu lugar em 99% dos meios de comunicação, não fazendo sentido existirmos para albergar mais do mesmo, achamos vital impulsionar o projecto reafirmando os seus pressupostos sociais e dar continuidade à construção desta plataforma de comunicação entre indivíduos, grupos, colectivos e movimentos sociais que estão activamente empenhados em denunciar a precariedade das condições de vida e a brutalidade do sistema social e económico imperante.



Queremos acima de tudo que o Indymedia permaneça livre e aberto à discussão construtiva, à crítica, à solidariedade, ao apoio mútuo e às contribuições de tod@s @s utilizador@s que, como nós, partilham a ideia de que é importante, aqui e agora, Romper o Silêncio.



CMI- Indymedia Portugal.


publicado por uon às 09:30 | link do post

Abril 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

ETA renuncia as armas

Local onde foi morta Siss...

INTERNACIONAL ANARCOSINDI...

A PARTICIPAÇÃO FEMININA N...

Crianças tratadas nos cor...

A descentralização do pod...

TRABALHADORES DO ESTADO P...

MAIS LEIS PIOR GOVERNO

Por 50 euros de aumento p...

Ocidente ataca Rússia na ...

arquivos

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Março 2006

favoritos

Letra da Internacional An...

4 Julho de 1937:Foto do a...

Cartaz

Luta anarquista a Norte

Feira do Livro anarquista

O anarquismo na história ...

A accão directa é...

Filme "Memória Subversiva...

Consultório laboral

Projecto de Estatutos da ...

links
desde 23/05/11
contador de visitas
compteur de visite
agora
blogs SAPO