Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Cavaco e o 24 de Abril

14.06.08, uon

Cavaco Silva numa semana deu duas derivas do 24 de Abril.

A primeira foi fazer apologia do dia da raça, que era orgulhosamente comemorado antes do 25 de Abril.

Agora forçado a pronunciar-se com as criticas do PCP e Bloco, Cavaco teve dificuldades em responder refugiando-se em "fait divers" e outras coisas mais, o que não deixa de ser caricato.

Se fazer a menção ao dia da raça é um fait divers para a esquerda, então estamos mal.

Cavaco disse numa eleição presidencial em que ele foi protagonista que "nunca se enganava e raramente tinha dúvidas" e ficou celebre com está frase pois deve ser a única pessoa ao cimo da terra que essa pretensão lhe deve vir da divina criação.

Agora disse que os "Tratados não deviam ser referendados", prá quê se temos políticos tão iluminados que só querem o nosso bem e o povo nem precisa de pronunciar ou votar que eles tratam de tudo

Já era assim no 24 de Abril, é pena que os "nossos" políticos estejam a voltar ao 24 de Abril.