Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Por uma nova governação

por uon, em 30.03.07

 

A propósito da criminalidade  em Portugal  em números alarmantes(Portugal Diário)

 

Este numero deve pecar por excesso.Mesmo se for este número algo está mal na Republica portuguesa.
As pessoas não são criminosas por ser criminosas.Os senhores criminologistas devia reflectir por que é que isso acontece.
O resultado é fácil de tirar a situação económica e social do país, ou será que não é?
Muita gente não têm trabalho, ora não têm ordenado, têm de comer todos os dias, senão morre de fome, as pessoas têm casas para pagar, filhos para criar, tem de ir ao médico, comprar medicamentos, pagar o passe, água, luz, telefone, gás, por não vai para escola para o trabalho a pé ou de burro por que têm de entrar a horas senão patrão despédio.
Os míseros ordenados que as empresas e o estado pagam a generalidade dos trabalhadores não dá para as pessoas terem uma vida normal.
Acresce o facto de hoje ninguém saber se têm trabalho amanhã, a fabrica está fechada, o escritório faliu, a repartição do estado esta a dispensar pessoal, ninguém está seguro e nisso este governo do P"S" é responsável porque pôs os funcionários públicos abaixo de cão e são tratados como nunca foram.
Por isso meus senhores não querem crimes e mais crimes paguem melhor às pessoas e dêem dignidade aos nossos jovens, trabalhadores, governem melhor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:09


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.08.2007 às 23:00

Concordo. A criminalidade aumenta quando existem factores que contribuem para isso, por exemplo, esta governação "sócretina" aumenta o fosso que já existe entre pobres e ricos. A extinção de postos de trabalho e o castigo dado à classe média e operária é um factor determinante para o aumento da criminalidade.
Eu se não tivesse outra forma de dar de comer aos meus filhos logicamente iria assaltar alguém bem rico.

Comentar post




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D