Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Angola em eleições

05.09.08, uon

Depois de ter estado colonizada sob o domínio português durante 400 anos o povo nativo angolano sofreu a escravidão a exploração e o sofrimento e em 1975 obteve a tão desejada independência, depois de ter havido mudanças políticas no território continental com o 25 de Abril, para uns um golpe de estado,  para outros uma revolução.

Milhares de soldados portugueses ao serviço do regime fascista de Salazar morreram e outros tantos ficaram feridos numa luta inglória e agora em Portugal há muitos saudosistas como os ex. combatentes manipulados pelo actual poder burguês instalado em Portugal.

Depois de obtida a independência os partidos mais representativos MPLA,  UNITA e FNLA que protagonizaram a luta armada contra o domínio português, começaram a luta pelo poder em Angola.

O MPLA era apoiada militarmente pela União Soviética e países de Leste e era o partido mais organizado e não teve dificuldade em tomar o poder em Angola.

A UNITA e a FNLA eram apoiados pelos americanos e tinham pouco apoio popular e iniciaram uma guerra civil durante anos com auxilio americano e Sul-Africano.

A guerra fria estava no auge por interpostos protagonistas.

Houve várias tentativas de diálogo entre as facções que nunca deram resultados e houve até eleições que não chegaram ao fim, por que a UNITA não aceitou os resultados.

Houve novamente anos de guerra até a morte de Savimbi.

A partir daí passou a haver paz que deixou no campo de batalha milhares de mortos e estropiados de parte a parte sendo o povo o principal prejudicado com as disputas politicas entre partidos.

Depois da queda do "muro de Berlim" o MPLA iniciou um aburguesamento do partido e passou a ter como amigos os seus anteriores inimigos americanos, europeus para manter o poder e começaram os negócios e o marxismo-leninismo foi deitado às malvas o capital começou a falar mais alto, exploração do petróleo e enriquecimento pessoal do aparelho do MPLA e o povo a viver na mais completa miséria.

O capitalismo começou a investir em Angola e iniciou-se uma nova colonização de tipo novo.

É nesta situação que Angola faz hoje eleições democráticas e já se sabe quem ganha....o povo é que de certeza não irá ganhar.