Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Sondagem:PS em comboio descendente

26.09.08, uon

Segundo sondagem eleitoral do "Diário Económico" o PS continua à frente com 36,1 % dos sondados e o PSD obtém 29,3% dos votos.

O PCP e o Bloco de Esquerda obtém um resultado acima dos 20 %, tendo o PCP/CDU 12,6 % e o Bloco com 10,9 %.

O CDS obtém um resultado de 7,1% dos votos.

Analisando estes resultados vê-se que o PS está em curva descendente por têm feito um politica de terra queimada na saúde, educação, trabalho, função pública e finanças, justiça.

O trabalho do governo nestes domínios tem agravado a situação social:desemprego,criminalidade, fecho de empresas e deslocalizações e juros altos nos domínio da habitação, transportes caros e gasolinas upa upa.

Quanto ao PSD, como partido da oposição tem pouca credibilidade para criticar o governo do PS, porque quando está no governo faz o mesmo que o PS e tem contribuído para o agravamento da situação social e no fundamental está de acordo com o governo.

Quanto ao CDS, é um partido pouco credível que diz uma coisa  na oposição e outra no governo.

É um partido muito securitário, repressivo e reaccionário para não dizer fascista e defende sempre os mesmo do antigamente, os ricos e exploradores,  embora o PS tenha ido buscar muitas coisas aos CDS e queira parecer-se muito com certas regras do antigo regime.

Quanto ao PCP órfão que está dum partido pai, continua atrelado ao renascimento do bloco de Leste e ao guevarismo e a defender o autoritarismo estatal nos domínios da segurança e influenciar muitos operários e trabalhadores explorados com essas politicas de reformismo sindical bacoco.

Quanto aoBloco de Esquerda  é uma formação folclórica e reformista que anda em disputa do votos do eleitorado  operário e trabalhador mais explorado ainda atrelados aos partidos e de uma certa pequena burguesia urbana moderna e estudantil que se identifica com os casamentos homossexuais e sonha com um socialismo à Louça pouco credível.