Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Manifesto operário de oficios vários

04.10.07, uon

Sócrates quando ganhou as eleições vinha de uma situação favorável ao P"S".

O descrédito da governação do PSD com a ida de Barroso para Bruxelas e a entrada de Santana para o governo e a posterior bangunça, projectou que Sócrates conseguisse maioria absoluta.

Sócrates prometeu mundos e fundos prometeu 150 mil empregos, mas fez o contrário o desemprego aumenta todos os dias.Segundo estaudos recentes somos os campeões do desemprego

A governação de Sócrates tem visado atingir os trabalhadores com retirada de regalias sociais, entrega da Segurança Social aos privados, aumento de impostos, aumento da repressão nos postos de trabalho com a facilitação do despedimento com a alteração do Código do Trabalho e fecho de empresas, precariedade laboral e muitos acindentes de trabalho, centros de saúde, hospitais, maternidades, escolas,etc.

A Função Pública têm sido fustigada com uma ofensiva sem precedentes de retirada de benefícios sociais, aumentos miseráveis, aumento de idade reforma, e a famigerada mobilidade de trabalhadores para um clima de pré-desemprego.

A nível de repressão Sócrates/P"S" parece querer voltar ao 24 de Abril, aumento da repressão policial com ataque à liberdade de manifestação, autoritarismo nunca visto.

Para mudar esta situação os trabalhadores e o povo têm de voltar a lutar energicamente já que os partidos de esquerda PCP/BE e sindicatos CGTP/UGT só têm branqueado a política socratista e organizar-se autonomamente  com uma linha independente anti-autoritária assembleária e criar novas associações operárias de oficios vários que nós queremos representar.

 

Alemanha:Fábrica autogerida vai produzir

03.10.07, uon

Strike-Bike
[Alemanha] A união faz a força! Êxito sensacional da campanha! A "Strike-Bike" será produzida!

Conferência de imprensa, terça-feira, 2 de outubro, 2007, às 15:00 horas.

Graças a uma incrível dinâmica, a campanha "Strike-Bike" alcançou o seu êxito. Já há mais de 1.300 pedidos do mundo inteiro. São os frutos da campanha "Strike-Bike" dos companheiros e companheiros da fábrica ocupada em contribuição com o sindicato anarcosindicato alemão FAU (União de Trabalhadores Livres). O êxito da campanha é retumbante: os "insolentes" companheiros e companheiras produzirão ao fim de outubro a vermelha "Strike-Bike" de forma autogestionada.

Por toda Europa diversas pessoas se envolveram na campanha, organizando atos, visitando os comerciantes locais de bicicletas, contado a seus amigos e companheiros a história da "Strike-Bike", e fizeram circular a notícia. Em centenas de páginas da internet do mundo inteiro deram informes sobre a "Strike-Bike". A página www.strike-bike.de teve já mais de 64.000 visitas. Muitas mídias alemãs de comunicação de massa acabaram informando sobre a luta da fábrica de bicicletas de Nordhausen. O resultado é grandioso: vamos conseguir os 1.800 pedidos necessárias para fazer a produção! Mas, todavia, têm que chegar alguns encargos!

Para mais informação: www.strike-bike.de e www.fau.org



agência de notícias anarquistas-ana


Portugal é o campeão do desemprego

02.10.07, uon

Segundo sondagens sobre o nível de desemprego na Europa, Portugal é o campeão europeu.

Sócrates para ganhar as eleições prometeu este mundo e o outro fez muita demagogia, prometeu 150 mil empregos, mas o resultado foi outro.

Hoje o desemprego aumenta todos os dias, empresas a fechar e mais gente para o desemprego.

Enquanto isto não se coibe de gastos sumptuários a despesa não pára de aumentar e os trabalhadores não param  de ficar endividados com os juros altos.

É urgente pô-lo na rua.

A Birmânia e o Ocidente

01.10.07, uon

Muito se têm falado da Birmânia que fica nos confins do mundo e que aqui praticamente ninguêm conhece a não ser pela violência politica e pela revolta do povo contra os preços do combustíveis.
A Birmânia é um pais que fica na Ásia e só é badalado na imprensa escrita e falada quando é palco de violência das autoridades militares.

A UE a ONU e os países Ocidentais dizem cobras e lagartos do regime Birmanez, e tudo fazem para que aquele país regresse à sacrosanta "democracia".
A Birmânia têm paralelo com os países ocidentais, pois se os militares matam, reprimem pelo poder autoritário, quando o povo se revolta, no Ocidente o mesmo acontece, quando uma fábrica, um centro de saúde ou escola é fechada e a população se revolta, lá vem a polícia que manda a democracia à lonas e não pára de bater.
Na Europa assiste-se a coisas que são anti-democraticas, se bem que alguns digam que é para bem da democracia :câmeras de TV em tudo o que é sítio, sistemas de vigilância pública (escolas incluídas) cada vez mais sofisticado, sistema policiário cada vez repressivo; retirada de direitos adquiridos na Função Pública e privado, despedimentos, repressão patronal, desemprego, contratos a prazo, custo de vida mais acentuado, fecho de escolas, hospitais, maternidades, centros de saúde, aumento de impostos, etc.
Enfim existe um paralelismo com a ditadura militar fascista da BIrmânia desta vez pela mão de SSócrates/P"S".

Solidariedade com a fábrica autogestionada

01.10.07, uon

Trabalhadores de uma fábrica de bicicletas da Região de Hamburgo, decidiram ocupar as instalações, após o patrão dos states/USA ter abandonado a mesma.

Enquanto não aparece um outro "investidor" a fábrica está sem laborar e os trabalhadores reunidos em Assembleia decidiram autogestionar os meios e lavar por diante a produção de bicicletas.

Agora os trabalhadores precisam para pôr a fábrica produzir, de encomendas de bicicletas e com isso já dispõem do  apoio do sindicato anarcosindicalista FAU que estã fazendo uma campanha pela Alemanha e a nível internacional através da secções da  AIT-Asssociação Internacional de Trabalhadores.

Os trabalhadores têm aqui um ponto de partida para alcançar outra forma de organização alteranativa à gestão consumista e capitalista  das empresas que é a autogestão.

Como é natural o Estado alemão não vai apoiar esta fábrica a laboral desta forma por que colide com a sua forma de organização hierarquica e disciplinar do Estado e dos patrões.

Só uma campanha a nível internacional pode salvar esta fábrica da falência e para isso os anarquistas e anarcosindicalistas podem dar uma ajuda para dar trabalho a esses trabalhadores.

 

-Se cada grupo ou sindicato minimamente organizado comprar x bicicletas e as revender nos seus locais a afiliados e a trabalhadores desse ramo de actividade pode ser uma grande ajuda para os trabalhadores da fábrica e para o próprio grupo ou sindicato.

 

-Outra forma de ajudar estes trabalhadores é organizar uma rede de locais comerciais de venda de bicicletas  e incentivar esses mesmas lojas a encomendar bicicletas à fábrica.

 

A bicicleta  é em si mesmo hoje  um meio de transporte pouco utilizado por trabalhadores na ida para os seus locais de trabalho, porque foi trocado pelo automóvel particular nos meios urbanos densamente povoados. porque a publicidade ao automóvel está por todo o lado e é um meio de ganhar muito dinheiro com os automóveis por parte das indústrias automobilistas, tornando as pessoas preguisosas com elas mesmo com efeitos na saúde além da poluição atmosférica.

 

Pág. 3/3