Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Agenda

por uon, em 30.06.08

A  Alternativa Libertária promove uma concentração onde ocorreu o atentado a Salazar (Avenida Barbosa du Bocage, transversal da Avenida da República) no dia 4 de Julho pelas 16 horas seguido de  debate acerca do atentado e da situação política da época, que contará com a presença do Historiador Paulo Guimarães. O debate inicia-se às 18:30 na CrewHassan.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:26

Tribunal fecha blogue

por uon, em 30.06.08

Passados 34 anos do 25 de Abril, estamos mais perto dos 48 anos de fascismo do que de Abril.
É na vigência deste governo de Sócrates que as coisas têm passados todos os limites.
Agora foi um Blogue www. povoonline.blogspot.com.

Não admira que o povo português se sinta de pé atrás em relação aos tribunais da burguesia.

Vamos todos emigrar para o Alasca...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:13

A manobra de diversão?

por uon, em 30.06.08

O governo começa a estar em dificuldades apesar da maioria que tem na assembleia, tem os camionistas os pescadores os taxistas os agricultores os funcionários públicos, os professores,  os enfermeiros os trabalhadores em geral, contra si,  devido à aprovação do código do trabalho. e não se livra da contestação aonde quer que vá da parte de trabalhadores.

O governo precisa urgentemente de uma válvula de escape para desviar as atenções e parece já ter encontrado essa válvula.

Agora o governo vai usar a "arma"  vitima o mais possível e a este propósito já começaram as manobras de diversão com tiro ao alvo onde Sócrates esteve no pavilhão de Portimão onde jantava com militantes do PS.

Os tiros  que foram disparados são de arma policial,  segundo a própria policia - então  está tudo dito - depois do líder do PS já ter abandonado o local e estar a mais de vinte kilómetros do pavilhão.

É natural que comece a haver novas manobras para o governo se auto vitimizar com as dificuldades governativas e ter conseguido ter "tudo e todos" contra si e também como nova forma de reforçar a repressão perante o povo português e até o CDS  mais "papista que o papa" já disse que "estes disparos deviam ser investigados por que a muita falta de segurança".

As eleições estão perto e é  necessário arranjar novos argumentos que não foram conseguidos através da acção governativa, que foi muito negativa para a generalidade do povo português e muito bom para o capital e patrões

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:39

Israel e o Irão

por uon, em 29.06.08

Israel teêm em mente lançar um ataque ao Irão a pretexto do programa nuclear deste país.

I srael e o Irão são inimigos fidagais e rivais e ambos querem controlar aquele região que vai desde o Mediterrêneo até ao Golfo do Iraque.

Israel tem o apoio nuclear e político dos EUA e da Europa o que lhe dá um avanço em materia de defesa e de ataque.

O Irão tem algum apoio da Rússia em matéria de armas que tembém têm pretensões na área que datam do tempo da União Soviética, e que foram perdidos.

Israel é um país nuclear muito perigoso é governado pela nata da burguesia judaica com pretensões expansionistas para os terriotórios árabes e fazem dos palestinos seus escravos.

A única maneira de trazer paz para a região é os povos revoltarem-se contra as diversas burguesias petroliferas que actuam na região, desarmar o arsenal atómico israelista e condenar a estratégia dos EUA e da Europa que actuam por interposta pessoa, ou seja israel.

Os árabes também tem a quota parte de culpa por que estão muito influenciados pelo fanatismo religioso e tem de libertar dessa carga que trazem à séculos.

Só a luta dos pueblos dessas regiões pode virar a página e fazer libertar os povos dessa cadeia hierarquica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30

Sobre o Rock in Rio em Madrid

por uon, em 27.06.08
Comunicado (em baixo) do Sindicato dos Espectáculos da CNT-Madrid sobre o Rock in Rio e as condições laborais neste espectáculo. Sendo Portugal objecto do mesmo espectáculo é caso para perguntar como são também as condições em que laboram os trabalhadores e voluntários no Rock in Rio Lisboa. www.cnt.es/node/158

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:59

1º ENCONTRO PRÓ-FEDERAÇÃO ANARQUISTA DE SÃO PAULO (FASP)

*** Necessário inscrição com antecedência ***

DATA: 26 e 27 de julho de 2008

HORÁRIO: 9:00 HS AS 17:00 HS

LOCAL: CLUBE ESCOLA JARDIM SÃO PAULO
RUA VIRI Nº 425,
SALA AO LADO DA MUSCULAÇÃO DO CLUBE
METRO JARDIM SÃO PAULO
LINHA AZUL,
ZONA NORTE.

PAUTA:

1º DIA 26 de JULHO

MANHÃ: * FARJ CONTRIBUINDO COM O DEBATE PRÓ-FASP
TARDE: * PORQUE INSERÇÃO SOCIAL?

2º DIA 27 de JULHO

MANHÃ: * PROPOSTA DE ORGANICIDADE
TARDE: * UM NOVO ENCONTRO

- INSCRIÇÕES:
SE INSCREVER NO E-MAIL: NUCLEOSFASP@GMAIL.COM ATÉ DIA 20 DE JULHO DE 2008.

- ALOJAMENTO:
PARA QUEM VEM DO INTERIOR OU DO LITORAL PAULISTA, NECESSITA SOLICITAR
ALOJAMENTO ATÉ DIA 12 DE JULHO DE 2008 NO E-MAIL NUCLEOSFASP@GMAIL.COM.

- OBSERVAÇÃO:
OS GRUPOS E PESSOAS DO INTERIOR E LITORAL PAULISTA QUE ESTEJAM
INTERESSADOS QUE ENCONTROS COMO ESTES SEJAM REALIZADOS TAMBÉM EM SUAS
CIDADES, SERÁ DEBATIDA A POSSIBILIDADE NA PAUTA DO DIA 27 DE JULHO - EM UM
NOVO ENCONTRO.

ESTA ATIVIDADE ESTA SENDO ORGANIZADA PELO NÚCLEO PRÓ-FASP DA CAPITAL,
APOIADA PELO CCS ANTONIO MARTINEZ - SP E PELA FEDERAÇÃO ANARQUISTA DO RIO
DE JANEIRO (FARJ).



MANIFESTO PRÓ-FEDERAÇÃO ANARQUISTA DE SÃO PAULO

A proposta de discutir a possibilidade de construção da Federação
Anarquista de São Paulo (FASP) surgiu a partir de uma analise da
conjuntura dos movimentos sociais e dos grupos que se identificam como
anarquistas.

No Brasil, na maioria, o que temos até o momento são grupos de propaganda
anarquista se articulando com grupos e indivíduos também anarquistas. O
campo de atuação dos grupos anarquistas de São Paulo não difere desta
realidade nacional.

Existe uma minoria ativa que é exceção no contesto nacional atual
(pós-ditadura militar), a qual está retomando as atividades dos
companheiros da primeira metade do século XX, com participação ativa nos
movimentos sociais. (MST, MTST, movimento estudantil, movimentos
comunitários, movimentos étnicos, movimento sindical).

Partindo da iniciativa de militantes anarquistas agindo nos meios sociais
(por dentro), muitas vezes isoladamente, sem uma estrutura orgânica dando
apoio, que surge a proposta de uma organização especifica (anarquista)
federativa. Desde a “abertura brasileira” os anarquistas se mantiveram no
resgate da memória do movimento e na propaganda. Tudo ligado a pesquisas e
muitas vezes a trabalhos acadêmicos. Queremos contribuir na retomada da
prática junto aos movimentos sociais, que até o momento, em sua grande
maioria, está aparelhado pelas organizações partidárias.

Pensamos que essa referencia histórica (atrasos) e discussão dessa
referencia, não condiz com a realidade. Hoje, nós, enquanto anarquistas,
já temos uma identidade local e não mais como uma idéia trazida pelos
imigrantes europeus no fim do século XIX. Temos nossas próprias
referencias de luta por libertação (quilombos, revoltas indígenas, canudos
...) e de resistência (lutas indígenas na preservação de sua cultura e
território, remanescentes de quilombos, favelas, movimentos de
trabalhadores rurais sem terra, movimento de trabalhadores sem teto).

A proposta de criação da Federação Anarquista de São Paulo (FASP) é
estabelecer de forma organizada a atuação dos anarquistas nesses
movimentos sociais.

Atenciosamente:

NÚCLEO PRÓ - FASP da Capital.

CAIXA POSTAL - 52552
CEP 08010-971
SÃO MIGUEL PAULISTA
SÃO PAULO - SP - BR


Site:
http://nucleos-fasp..blogspot.com/

E-mail:
nucleosfasp@gmail.com

Grupos:
http://www.grupos.com.br/group/pro-fasp

Comunidade no Orkut:
www.orkut.com/Community.aspx?cmm=43004449

Esta comunidade pretende somar e reunir experiências e esforços coletivos,
de anarquistas reunidos no Estado de São Paulo. Aprofundar o debate sobre
Programa Político Anarquista, Princípios, Organicidade, e pratica de
inserção social.

CENTRO DE CULTURA SOCIAL ANTONIO MARTINEZ
www.ccsam.blogspot.com

CAIXA POSTA 52552
CEP 08010-971
SÃO MIGUEL PAULISTA
SÃO PAULO - SP - BR

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:36

Portuigal:Clima de guerra civil

por uon, em 27.06.08

O clima de guerra civil entre portugueses contra o Estado está-se a revelar nas escolas com alunos a bater em professores e o contrário, pais de alunos a bater em professores.

Nos tribunais são os reclusos a bater em juízes e a humilhar os mesmos,

Este clima de verdadeira guerra civil é provocada pela profunda degradação da sociedade em que os pobres são sempre os prejudicados e os ofendidos pela crise económica e social que atravessa o pais.

Na Justiça só os pobres é que são condenados enquanto que os ricos e poderosos são raras as vezes é que se vê serem condenados.

Os ricos têm bons advogados que são pagos a peso de ouro e pagam fianças e podem sair em liberdade, enquanto que os pobres são massacrados com prisões preventivas e bem podem apodrecer na cadeia.

O caso de Manuel Ferreira preso anarquista  é um caso paradigmático por se encontrar condenado a prisão perpetua embora em teoria  não haja essa condenação, mas na pratica ela existe.

Manuel Ferreira é um preso que se tem declarado contra o sistema prisional e como tal tem sido vítima dessa mesma denuncia.

Não lhe fazem o cúmulo jurídico e tal como Vale e Azevedo é  condenado em processos sucessivos.

Nas escolas pais alunos e professores defrontam-se no mesmo espaço contra a a injustiça, cada um com a sua razão.

No meio disto tudo o Estado e o sistema social implantado pelos senhores que mandam nisto, fizeram  nós autênticos soldados, que nos debatemos no dia-a-dia e eles são os responsáveis pelo estado de coisas.

Cabe a nós cidadãos do mundo fazermos um mundo melhor onde haja paz, solidariedade igualdade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:56

Braga:agricultores contra governo

por uon, em 26.06.08

O governo mais uma vez resolveu escrever por linhas tortas e impedir que os agricultores da Região de Braga se manifestassem livremente para reivindicar o que consideram justo.
Os agricultores queriam entrar na cidade e foram impedidos pela polícia de chegar à praça do Municipio.
No dia anterior alguns agricultores receberam a visita inesperada da GNR(sem suas casas, e foi-lhes dito que não podiam manifestar-se e se o fizessem podiam ter uma multa.
Esta situação não é nova, pois já se registaram por duas vezes na Covilhâ com visita ao sindicato dos professores e visitas a escolas para perguntar se iam a manifestação.

Este género de visitas começam a ser norma com este governo e digam que foram os GNR(s) que foram por sua iniciativa perguntar que ia a manif. alguém deu ordem para fazer este género de serviço.

Ou o governo já não tem mão nas polícias e agem por sua alta recriação e existe dois governos um de Sócrates outro da polícia e cada qual faz a lei à sua medida, ou então estamos perante  uma república das bananas governados por bananas.

Os agricultores para poderem fazer chegar a comida que todos nós necessitamos para sobreviver precisam de gasóleo mais barato para trabalhar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:19

A OCDE manda flexibilizar os despedimentos e o governo de Sócrates obediente e vendido que está aos ditames das organizações do capital internacional faz.

Assim o Código do Trabalho foi aprovado na concertação social entre o governo a UGT a CAP, CIP e CCP ficando a CGTP de fora.

Os trabalhadores é que ficaram mais vulneráveis ao despedimento por parte dos patrões que agora ficaram dotados de instrumento muito importante para poder despedir e explorar  e aumentar os horários de trabalho dos trabalhadores.

Estamos a ficar cada vez mais longe da perfeição que o 25 de Abril nos trouxe e cada vez mais próximos do 28 de Maio de 1926 ano em que foi instaurado um regime ditatorial através de  um golpe militar seguido de uma ditadura salazarista agora chefiado por Sócrates sob uma capa de "socialista" neoliberal.

A nossa força de trabalho está a ser vendida aos poucos ao capital privado internacional e os trabalhadores portugueses estão ficar mais pobres, com leis muito mais reaccionárias que só são benéficas para os detentores do capital privado, tudo com o apoio  dos governos que tem passado pelo país.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:59

 

 

O número de pessoas em Portugal com mais de um milhão de dólares aumentou de 11 400  para 11 600  aumentou em 6% em todo o mundo e mais 4 % em Espanha que é de 164 mil pessoas  relativamente à anterior amostragem.

O número dos muito ricos continua a aumentar enquanto que a classe média e os pobres descem mais um degrau e passam a muito pobres.
Isto é um sintoma de que sociedade temos e para onde caminhamos ainda vamos ter uma sociedade cada vez mais desigual e cada vez mais injusta.
Os ricos que se cuidem qualquer dia a corda parte-se e depois os pobres vão pedir contas aos ricos, e vai haver uma guerra entre classes, mas para isso o governo de Sócrates já está a tomar medidas para aumentar o número de polícias para defender o capital e para obrigar os pobres a serem pobres.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:43

Pág. 1/5




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D