Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cuba:músico punk preso

por uon, em 31.08.08

Campanha internacional pela liberdade de Gorki Águila e o fim a
perseguição e as hostilidades contra o movimento contracultural cubano.

Nas primeiras horas da manhã de anteontem, segunda-feira, 25 de agosto,
foi detido -uma vez mais- em seu domicilio Gorki Águila, membro fundador e
vocalista da banda punk cubana Porno Para Ricardo.

As hostilidades por parte do Estado cubano contra Gorki Águila e aos
demais integrantes do grupo Porno Para Ricardo, tem sido uma constante
desde os primeiros momentos de vida pública deste coletivo. Já desde o mês
de abril do presente ano, fazíamos um chamado a "Solidaridade urgente com
o/as jovens contestatório/as e o movimento anarco-punk em Cuba", centrando
nossa atenção na vigilância e perseguição permanente por parte das
autoridades castristas contra a banda Porno Para Ricardo e, em particular,
contra Gorki Águila; reclamando: "os homens e mulheres do mundo amantes da
Liberdade, a mais viva solidariedade com a cena contestatória e
contracultural cubana"; somando-nos a campanha dos animadores do projeto
Cuba Underground, em defesa da integridade física dos integrantes de Porno
Para Ricardo; assim como a de seus familiares, amigos e companheiros".

Hoje, reafirmamos nosso incondicional apoio a todo/as o/as jovens
anti-autoritário/as que cotidianamente sofrem a opressão e a exploração da
ditadura nacionalista burguesa que desde já faz meio século governa de
maneira absolutista em Cuba, e iniciamos a Campanha Internacional pela
Liberdade Imediata de Gorki Águila; chamando a manifestar-se frente as
embaixadas e consulados de Cuba ao redor do mundo exigindo sua liberdade e
o cessar da atual caça às bruxas contra o/as jovens contestatório/as e o
movimento anarco-punk e anti-autoritário na Ilha.

Esperamos que este chamado tenha o eco que merece no seio do movimento
punk e anarquista internacional.

Por uma Cuba Livre e Libertária!

Pela Anarquia!

Movimento Libertário Cubano (MLC), 26 de agosto de 2008.

Contatos: movimientolibertariocubano@gmail.com

www.mlc.acultura.org.ve

www.pornopararicardo.com

Nota: Agradecemos a divulgação deste comunicado em todos os meios
anarquistas e alternativos possíveis.

Comunicado de Imprensa

Gorki Águila, integrante do grupo punk Porno Para Ricardo, foi preso

Esta segunda-feira, 25, pela manhã, ainda que os integrantes de Porno Para
Ricardo ensaiassem na casa de Gorki Águila, um policial tocou a porta,
pedindo que o cantor o acompanhasse, explicando que ele só cumpria ordens.

Gorki foi levado a Estação de 3ª e 62, conhecida popularmente como "a 5ª".

De acordo com familiares e amigos, Gorki Águila estará preso até
sexta-feira em dita estação para proceder a ser julgado por
"periculosidade", com uma possível condenação que oscilará entre 1 e 4
anos de prisão.

Até o momento, seus familiares não puderam ver a Gorki, pelo que se
desconhece o estado em que ele se encontra.

Cabe recordar que desde já faz um par de meses se têm recebido notícias
sobre a perseguição de que está sendo vítima o líder da banda de punk-rock
Porno Para Ricardo, Gorki Águila Carrasco, de 39 anos, fato que foi citado
na segunda-feira, 17 de junho de 2008, na estação policial de seu bairro
para uma assembléia, a que também esteve presente uma vizinha, Jesús, e o
delegado e o Chefe de Setor. Gorki foi com um gravador portátil e
conseguiu gravar partes do encontro que teve com as autoridades. Assim
mesmo, entretanto, Gorki não desejava manter um diálogo com os ali
presentes, levou consigo uma declaração escrita na que deixou claro sua
oposição ao Estado cubano, assim como a determinação de seguir com sua
música.

De acordo com o já citado Código Penal Cubano, a Lei 62, ou o "estado
perigoso" é quando uma pessoa é somente suspeita de cometer um delito, a
julgar pelas contradições que se observam em sua conduta, de acordo com as
normas da moral socialista (Artigo 72, correspondente ao Estado Perigoso e
as Medidas de Segurança); assim mesmo, fica estipulado no Artigo 73 que se
considera "estado perigoso" a embriaguez habitual e a dipsomania; a
drogadição e a conduta anti-social. Esta última vai desde "atos de
violência", "desacato as regras de convivência", "parasitismos sociais" e
a "prática de vícios socialmente reprováveis".

La Habana, segunda-feira, 24 de agosto de 2005

www.pornopararicardo.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:49

INEM:trabalho escravo no Estado

por uon, em 30.08.08

(Correio da Manhã)

 

Há tripulantes das ambulâncias SIV – Suporte Imediato de Vida, do INEM – Instituto Nacional de Emergência Médica – que fazem turnos de 24 horas por falta de recursos. Outros são obrigados a trabalhar oito horas seguidas sem pausa para comer.

Muitas vezes, trabalham sem estarem alimentados, porque os pedidos de pausa para comer são recusados pelo CODU –Centro de Orientação dos Doentes Urgentes (INEM). Quem não aceita a recusa é alvo de processo disciplinar.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:01

Yazaki Portugal vai despedir 312 funcionários durante o próximo mês. Na origem deste despedimento colectivo está o facto de a empresa ter decidido terminar a produção de cablagens do modelo Toyota Avensis e XF da Jaguar a partir da sua fábrica em Ovar.
Esta empresa tem um historial de despedimentos a conta-gotas.

Já despediu centenas de trabalhadores, na fábrica de Vila Nova de Gaia, e na de Ovar tem despedido também várias centenas de trabalhadores.

O pretexto é sempre o mesmo falta de encomendas para várias marcas, e então sucedem os despedimentos.

Para quem prometia 150 mil empregos em quatro anos na vigência deste governo o resultado é extremamente negativo e o saldo quando chegar o balanço do deve e haver vamos verificar se não irá haver uma ilusão mágica e se calhar o governo irá dizer que não foram 150 mil empregos, mas 150 mil desempregados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:47


Cartaz da AIT-SP (clicar em cima da imagem para ver em tamanho grande)

Cartaz em pdf: http://www.freewebs.com/ait-sp/comunicados/cartazFedericoPuy28Agosto08.pdf

Panfleto em pdf: http://www.freewebs.com/ait-sp/comunicados/PanfletoFedericoPuy28Agosto08.pdf



Cartaz da CNT-AIT (retirado de http://barricadavisual.blogspot.com/)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:44

Segundo o Correio da Manhã uma engenheira florestal foi contratada para prestar serviço no INEM-instituto Nacional de Emergência Médica.

Já anteriormente foram contratados  um médico interno de medicina,  um advogado, um administrativo e de um elemento para o Gabinete de Planeamento.

Ao que parece estas contratações são precedidas de ordenados milionários o que provoca mal-estar no INEM.

Um exemplo de que não se devia verificar uma engenheira florestal ser contratada para um  serviços de saúde, é por estas e por outras que as coisas funcionam mal quando devia estar na agricultura.

Esta situação verifica-se desde que a nova direcção do INEM  entrou em funções.

Esta situação faz regra em toda a administração pública e até no governo quando entra uma nova direcção/governo  renova o pessoal de assessoria e vem dos mais diversos organismos públicos e privados.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:36

Um trabalhador da empresa Soplacas morreu ontem nas instalações de Berlengas, Tocha, depois de ter sido atingido por uma viga de ferro. Rogério Manuel Figueiredo tinha 29 anos e era da freguesia de Bom Sucesso, Figueira da Foz.

A praga dos acidentes de trabalho continua mais um jovem perdeu a vida na sequência de um desprendimento de uma viga em ferro maciça que foi fatal para retirar a vida deste trabalhador.

Alguém tem der ser responsabilizado por estas mortes que tiram a vida aos trabalhadores dum momento para outro.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:23

Uma explosão na fábrica da Quimigal em Estarreja, provoca dois feridos graves, na sequência de trabalhos de manutenção, enquanto a mesma se encontra em férias.

Os acidentes de trabalho são uma constante, todos os dias, ora na construção, ora na indústria ou em qualquer sector de actividade.

Os acidentes comunicados vindos a público são uma ínfima minoria, por que ocorrem todos os dias dezenas de acidentes de trabalho em que os trabalhadores que manejam as máquinas e que sobre para cima dos telhados, que trabalham na construção de valas são sempre os afectados e muitos ficam incapacitados para o resto da vida.

Enfim na sociedade capitalista como em qualquer outra o acidente pode ocorrer, mas é na sociedade capitalista que os trabalhadores estão mais sujeitos a terem mais acidentes devido à pressão exercida sobre os mesmos para realizarem diversos trabalhos, com riscos de vida e também da chamada competitividade de empresa a empresa está na origem dos mesmos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:18

A General Motors (GM) Rússia, aumentou em 60% as sauas vendas em relação a igual período do ano passado. Enquanto isto esta empresa está a reduzir pessoal em toda a Europa, como foi o caso da fábrica da Azambuja em Portugal que lançou centenas de operários no desemprego. A GM teve também um enorme lucro em todos os países de leste que estão a crescer a um ritmo avassalador, assim com na Europa. O capital tem destas coisas reduz custos e aumenta vendas afinal não há assim tanta crise como pretendem fazer querer, a crise é sempre para o mesmo, o trabalhador.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:14

Lisboa:Câmara corta nos carros

por uon, em 23.08.08

Câmara de Lisboa corta nos carros para poupança e vai assinalar o facto como uma festa que serve de propaganda eleitoral.

Só esperamos que não cortem nos carros que são preciso para os serviço e os senhores da presidência, directores municipais e departamento continuem com os carros às ordens e respectivos motoristas.
A Câmara podia começar por cortar na obras de fachada que faz e nalgumas festas que realiza como as marchas que são eleitoralistas e é uma saloiice e são  para acicatar as rivalidades entre bairros lisboetas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:59


Solidariedade com Federico Puy

Em Maio de 2008, Federico Puy, membro da FORA (Federación Obrera Regional Argentina) - secção argentina da AIT -, professor empregado na Cruz Vermelha da Argentina, foi despedido do seu local de trabalho por motivos ideológicos. Pode encontrar-se mais informação sobre este caso
aqui.

Como resposta e exigindo a reincorporação de Federico Puy, a AIT convocou um Dia de Acção Global contra a Cruz Vermelha para o dia 29 de Agosto de 2008. Como pretendemos que esta acção tenha o máximo de impacto, convidamos @s companheir@s dispostos a levar à prática as ideias de solidariedade e acção directa a participar neste dia de acção.

Nos próximos dias, o site http://gda.iwa-ait.org/ será actualizado com mais informação sobre este dia de acção.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:13

Pág. 1/6




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D