Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Serralves:falsos recibos verdes

por uon, em 31.03.10

http://pt.indymedia.org/conteudo/newswire/922

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:08

Porta-aviões françês no Tejo

por uon, em 31.03.10

Um porta-aviões nuclear francês acaba de atracar no porto de Lisboa.

Esta besta é composta por uma guarnição de 2000 homens e aviões de combate.

Quanto dinheiro é preciso para manter uma frota que não vale meio tostão furado e faz guerra em todo o mundo.

O que povo françês apara manter um bicho destes nesta época de crise.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:02

http://cntpremia.blogspot.com/2010/03/en-su-centenario-el-sindicato.html

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:48

A fábrica Lear sedeada em Palmela vai fechar a portas e fazer as malas para outras paragens e com isto vai deixar 270 trabalhadores no desemprego e vão receber dois meses de salário por cada ano.

Aos poucos a indústria nacional vai fechado e os trabalhadores portugueses vão ficando sem trabalho é este o prato-do-dia e este governo não está virgem de culpas no cartório.

Segundo um leitor do JN acrescenta:Mais uma empresa multinacional que aproveitou todos os incentivos e "benesses" fiscais que o estado português dá ás empresas estrangeiras. Como os benefícios fiscais, já devem ter acabado, vão para outro países; onde podem explorar a mão de obra, por esta ser mais barata - como por exemplo os países de Leste.E os portugueses vão viver de quê?!.. Os subsídios não duram para sempre e encontrar emprego está cada vez mais difícil. O governo deve continuar a subsidiar estas multinacionais; para termos mais desemprego. É uma vergonha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:21

Armas:indústria em alta

por uon, em 29.03.10

Enquanto certas regiões do Mundo as populações as populações (África, Ásia) passam fome ou morrem de fome os governos destes países não se limitam nas compras de armas.

Os principais fornecedores de armas são países como a Rússia USA e alguns países da CEE (França Alemanha Inglaterra) Portugal ainda está na mó de baixo neste tipo de industria de morte dos povos e fomento de guerra à escala planetária.

Este tráfico legal de armas dá muitos milhões dólares/euros aos países fornecedores que vêem nesta forma de economia e produção a satisfação das necessidades de uns quantos capitalistas fabricantes de armas lançado o terror contra os povos.

A indústria armamentista está em constante laboração o que é fabricado hoje amanhã já obsoleto e os países tem que estar constamente a a desembolsar dinheiro que fazia falta à saúde educação emprego, etc.. para estarem na moda das armas.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:10

República e monarquia

por uon, em 26.03.10

Os monárquicos andam muito activos em torno do seu amado rei e da sua bandeira.

Já hastearam várias bandeiras monárquicas em vários locais de Lisboa e fora dela.

Agora foi no parque Eduardo VII, resolveram tirar a bandeira republicana e troca-la pela monárquica.

A monarquia é regime que é parasitário em que o rei nem sequer é eleito pelo o povo e é sucedâneo da consanguinidade dos antecedentes e descendentes.

A república é uma das formas de organização dos estados em que o presidente é eleito pelo povo directamente, mas também pode haver casos de se eleito presidente indirectamente como são os casos da Itália e da Alemanha.

Enquanto que na monarquia o rei não é sufragado pelo povo ou pelas câmaras dos deputados é eleito pela descendência directa e em certos casos (Espanha) só o homem pode ser rei a mulher é discriminada, na Inglaterra a rainha está à frente do Estado por mero acaso.

Mas no fundo a diferença é mínima o presidente tem alguns poderes dependendo do país e o rei e meramente uma figura decorativa rege-se todos pela mesmos princípios e pela abastança e andam pelo país visitando este e aquele concelho ou pais estrangeiro.

Qual é a diferença entre Cavaco e os Bourbons de Espanha?

Uma das coisas que os monárquicos se atrevem dizer é que na monarquia  o desenvolvimento do país é maior, mas isso é uma falácia, o rei nada produz e ainda explora outros, vivem na abastança e nada fazem e o povo vive mal.

O rei em Portugal tinha nobres pagos a peso de ouro que iam assistir aos seus levantares de manhã.

Imaginem como seria os seus levantares.

Se estivesse mal disposto mandava para a forca alguém.

A república não faz qualquer sentido, mas a monarquia ainda menos.

Os anarquistas lutaram contra a monarquia e agora contra a república.

Nem república nem monarquia.

Viva a anarquia!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:39

La CNT-AIT Almería convoca para el sábado 27 de marzo a las 12:00h una manifestación contra la reforma laboral, de pensiones, el paro... Desde CNT no vamos a permitir que las reformas laborales que quiere llevar a cabo el Gobierno de Zapatero nos perjudiquen como clase trabajadora. Por eso os animamos a asistir a esta manifestación que partirá de la Plaza de la Catedral y finalizará con un mitin en la Plaza Moscú del barrio de Pescadería a cargo de dos compañeros de CNT-AIT Granada. ¡DEFIENDE TUS DERECHOS¡ CNT: "OTRA FORMA DE HACER SINDICALISMO" www.cntaitalmeria.blogspot.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:37

Brisa libertária em Cuba

por uon, em 25.03.10

tradução do google

 

Entre 12 e 15 de março foi realizada em San José de Las Lajas, uma cidade perto de Havana, o Revisor Center IV, um evento coordenado pelo presidente Haydee Santamaria, que se reuniu um bom número de pessoas em toda a ilha, o que tiveram a oportunidade de ouvir e discutir o ideal libertário de práticas de auto-gestão, como uma alternativa para a sociedade cubana contemporânea.

Destacamos, entre outras, as discussões sobre a "ecologia cultural ea cultura ecológica", "Gestão e Auto-socialismo no micro e macro-sociais" Consumo, consumismo e consciência ecológica em Cuba "," libertário Uma contribuição para a ecologia: O trabalho de Murray Bookchin, "Bioética ambiente, agroecologia e medicina veterinária", "As religiões de origem Africano e do meio ambiente", "Balanço dos trabalhos de 2009 da Sociedade Cubana para a Proteção de Animais e Plantas", "Ecorestauración" eo livro "A Wounded Deer, ecologia para crianças".

Este é certamente um sinal encorajador para os homens e mulheres que esperaram muito tempo para reaparecer neste país, por força de uma ideologia que marcou o caminho de Enrique Roig San Martin, A. Lopez, Enrique Varona, Marcelo Salinas e muitos outros homens e mulheres, cujos esforços são refletidos no livro indispensável por Frank Fernandez: "Anarquismo em Cuba".

É necessário, portanto, que a partir do exterior, sempre que possível, apoiamos os esforços de reconstrução em curso em condições tão difíceis e contra todos os tipos de obstáculos.

Para obter informações mais extensa programação, relatórios e fotografias do Observatório área IV críticas e Cuba para visitar os blogs: http://observatorio-critico.blogspot.com e http://elblogdelacatedra.blogspot.com.

Você também pode pesquisar em qualquer site de busca na Internet para "Centro de crítica" e "Cuba" para encontrar muitas referências recentes.

O presidente Haydee Santamaria é um espaço de discussão e articulação de experiências criativas, poemas, gestão e actividades sócio-culturais e artísticas que reforçar as capacidades locais, o registro histórico e conhecimento da libertação e emancipação social nos atuais cenários de Cuba e do mundo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:53

Igreja católica encobre pedofilia

por uon, em 25.03.10

A igreja católica encobriu ao longos dos anos casos de pedofilia nas suas igrejas e tudo com o beneplácito das mais altas estruturaras hierárquicas, incluindo o papa.

Depois de terem apoiado os nazis o seu regime monstruoso  e a ocupação nazi de vários países e a posterior repressão sobre quem lutava contra os nazis, aparece agora casos de pedofilia na Irlanda, na Alemanha e em outros países sem que a justiça  desses países, funcione para padres pedófilos.

É assim, igreja católica e Estados confundem-se na perversão e ambos tem de ser abolidos, por que qualquer destas instituições só causam sofrimento aos povos do mundo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:55

Panasqueira em greve

por uon, em 24.03.10

Encontra-se a decorrer esta quarta-feira, nas Minas da Panasqueira, uma greve dos trabalhadores, a qual conta com uma adesão de 90 por cento.
Os trabalhadores reivindicam uma proposta de negociação salarial e segundo noticias a empresa encontra-se em condições económicas favoráveis para que se verifiquem aumentos salariais, dado o elevado número de produção.

Enquanto uns são pagos a peso de ouro e nada fazem, os trabalhadores tem de fazer greve para arrancar um magro aumento de ordenado.

Era bom que este governo caísse na rua e não nos gabinetes dos palácios por que aí a receita para a crise é a crise.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:54

Pág. 1/5




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D