Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Concentração/S.Bento

por uon, em 29.10.10

NOTA DE IMPRENSA:

 
 

CONCENTRAÇÃO/VIGÍLIA DE PROTESTO, DIA 3 DE NOVEMBRO, 15.30H, FRENTE À ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

 

 

Irá decorrer no próximo dia 3 de Novembro, frente à Assembleia da República, pelas 15.30h, uma concentração de protesto contra as medidas de austeridade anunciadas pelo governo e previstas para o Orçamento de Estado de 2011.

 

A concentração foi mobilizada por um grupo de cidadãos na rede social facebook fora do âmbito de qualquer estrutura partidária, organização ou sindicato.

  • Consideramos que as medidas propostas pelo governo colocam em situação de extrema vulnerabilidade económica milhares de portugueses.
  • Entendemos que as mesmas se regulam por um princípio de profunda injustiça social, uma vez que proporcionalmente e efectivamente penalizam com maior impacto os estratos sociais mais desfavorecidos.
  • Acreditamos existirem alternativas às medidas propostas, se para tal existir vontade política.
  • Consideramos que os cidadãos portugueses não podem, nem devem ser penalizados por uma crise da qual não são responsáveis.
  • Exigimos a moralização da despesa pública, nomeadamente no que respeita a gastos de representação do Estado, atribuição e acumulação de reformas e pensões milionárias, eliminação de organismos públicos redundantes e inúteis.

Iremos deixar no local, como testemunho da nossa presença, a oferta ao governo e parlamentares, das nossas carteiras velhas e vazias; simbolizarão elas o estado actual da esmagadora maioria dos portugueses.

 

 

Desde já gratos pela divulgação do evento.

 

 

Para mais informações:

http://www.facebook.com/event.php?eid=122363297820765

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:06

Passos vai colher os louros

por uon, em 29.10.10

Passos a avaliar pelas sondagens está como peixinho na água.

Apesar do PSD ser muito responsável pela situação a que chegamos o povo português não está a perceber as jogadas políticas que o orçamento está a gerar.

Não sabemos como o povo vai nestas engrenagens políticas muito nebulosas e não é preciso ver um boi para sabermos que estamos a ser enganados com o orçamento.

O governo diz que é necessário este orçamento e de certeza que há alternativas muito mais claras e que não sobrecarreguem o povo e os trabalhadores.

Só pessoas com pensamento único como os políticos do PS e do PSD e o stalinismo salazarista é podem dizer uma coisa dessas.

Quem está a ganhar com esta embrulhada de volta não volta é o PSD que vai colher os louros e não merece.

Desde 1975 que estes dois partidos PS/PSD se sucedem no governo e o resultado é este, chegamos ao abismo.

Somos explorados e ofendidos todos os dias o que preciso mais para isto mude de vez.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Cartaz:Mário Castelhano

por uon, em 28.10.10

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:13

Pintores de murais detidos

por uon, em 28.10.10

A PSP levou para a esquadra vários jovens da JCP que pintavam um moral nas Olaias.

Nunca se viu nada assim desde que o PS entrou no governo é desde o orçamento à repressão, mas a JCP diz que um caso de censura politica e pouco mais e os comunistas acusam a PSP de 100 casos no género.

Segundo a Direcção da Juventude Comunista Portuguesa (JCP) denuncia ter registo de "cerca de cem casos" de jovens detidos por pintar murais ou colar cartazes. O dirigente da JCP, Guilherme Fernandes, classifica esta actuação como "censura política por parte do Governo, usando agentes da PSP".

Um dos pintores era neto do escritor Mário de Carvalho e o escritor comenta assim.

"Não devemos dramatizar, não estamos no fascismo!", disse o escritor ao DN. Considera, porém, "que pode haver um excesso de zelo" da PSP sobre os murais políticos, "o que não acontece em relação aos grafitti que emporcalham os prédios" da cidade.

O escritor é a favor dos murais mas é contra os grafitti e não estamos oficialmente no fascismo, mas parece.

Para nós os murais e os grafittis são expressões, desabafos e obras de arte e são uma forma original de luta contra esta sociedade podre e caduca, que existe por todo o mundo.

Mas o senhor Mário de Carvalho acha que não.

Para nós a PSP anda fora da lei actua a seu bel prazer e tem um governo que a protege, mas se o PCP estivesse no poder usava também a polícia para a repressão, por isso diz o roto ao nú.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:52

O pSD e o governo romperam as negociações sobre o orçamento.

Catroga e dos Santos depois de dias de negociações a que se se sabe não chegaram a acordo.

Se o orçamento do Estado era mau, não faz qualquer sentido votar uma coisa que não serve.

Também não existe qualquer problema não haver orçamento.

Significa que so podem gasta +1/10 do anterior orçamento e o orçamento anterior vai continuar em vigor que por sinal também era mau.

Por não haver orçamento o mundo não acaba.

Agora é pôr quanto antes este Sócrates na rua.

O que vem e quem vem a seguir não sabemos.

Concerteza que será um Sócrates com outro nome ou mesmo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:35

Cavaco de novo candidato

por uon, em 26.10.10

Cavaco apresenta hoje nova candidatura à presidência da república no centro comercial de Belém.

Cavaco como presidente foi muito fraco fez tudo o que o governo de Sócrates queria fazer e por isso Portugal, povo português e emigrantes e trabalhadores estão hoje a sofrer as com politicas deste governo

Portugal bateu no fundo do poço, mas como poço tem quilómetros de distância não sabemos como isto vai ficar no or este tempo no próximo ano.

O orçamento que o governo está a negocia e que vai ser aprovado com a bênção do PSD vai empobrecer o país ainda mais e mais e mais desemprego, mais impostos sobre os que trabalham e qualquer somos os escravos como na era de Roma.

Cavaco como primeiro-ministro foi uma nódoa negra emprobreceu o país e foi contra os trabalhadores e contra o povo, que voltou a dar o voto nas presidenciais e o elegeu novamente e o resultado está a vista de todos.

Hoje temos um país mais injusto em todos os aspectos económicos sociais e políticos, e se for novamente eleito este rectângulo irá desaparecer como país com oito séculos que foram muito negros em todos os domínios.

Lutamos contra os mouros ajudados pelas cruzadas cristãs.

Os descobrimentos foram uma época negra uma chacina e mortandade de povos que não nos pode orgulhar.

A república foi uma cruzada perdida.

A colonização foi igual aos descobrimentos.

O 25 de Abril foi bonito, mas ficou por fazer.  A CEE uma causa perdida e hoje se estamos onde estamos deve-se mesmo a entrada na Europa do capital fez alguns ricos e muitos pobres.

Somos mesmo uns perdedores.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:14

 

O molusco (polvo) que adivinhou os desfechos de oito resultados do último Campeonato do Mundo de Futebol será cremado e terá direito a uma estátua.

O polvo só não adivinhou quando será a queda do capitalismo nacional e internacional e a vitória do anarquismo.

Temos pena!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:04

Antonio Piñeiro, empresário galego, pagou o que devia

E iso que non queria e que dicia que non tiña cartos.

Antonio Piñeiro é un típico empresário galego. Xunta uns cartos, monta un negócio (a sua empresa Opportunity Contokes dedica-se a vender electrodomésticos con taras), expande-o (de unha tenda a catro na Galiza e outra en Portugal), comeza a gañar cartos a esgalla e dedica-se à vida de novo rico ruín: compra un Mercedes ben grande para pasear o seu porte de empresário. Como sua muller non vai ser menos, compra-lle o mesmo modelo. Vai viver a un chalecito de muito luxo nas aforas. Enche o corpo de xoias horteras. Xa non usa carteira, que cousa mais vulgar, e comeza a gardar as tarxetas, o carné e as fotos dos seus seres queridos (os dous cochazos) entre os billetes de voluminosos feixes de cartos.

E que hai detrás deste tren de vida? Pois unicamente a explotación laboral dos seus empregados, como lle pasou a nosa compañeira LC, traballadora dunha tenda de Opportunity en Milladoiro. Despois de anos cobrando por debaixo da sua categoria, de facer horas extras a diário, LC conseguiu o recoñecemento destas duas situacións. Pero, cando chegou o tempo de lle pagar, Antonio Piñeiro non tivo mellor idea que despedí-la, adebedando-lle a cantidade de 16.400 euros. O que non sabia Antonio é que daba coa CNT.

Así, por non saber como traballa a CNT, atreveu-se a ofrecer apenas 700 euros. Logo de ver como é a acción directa da CNT, acabou tendo que recuar e en apenas un mes e sen necesidade de acudir aos tribunais, asinou-se un acordo de pago das cantidades adebedadas. Antonio Piñeiro é outro empresário que xa coñeceu o efectivo traballo sindical da CNT. Sabemos que ainda quedan muitos novos ricos explotando impunemente. Desde estas páxinas ofrecemos a todos os traballadores e traballadoras a forma de se enfrentar a estes abusos: o apoio mútuo, a solidariedade e a acción directa dun sindicato como a CNT.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:19

Reunião havida entre o STML e trabalhadores de um departamento da Câmara compareceram cerca 12 trabalhadores de um total mais 200.

Os dois dirigentes expuseram a situação dos trabalhadores que vão ficar prejudicados com os novos impostos que o governo vai impor aos trabalhadores da FP.

Falaram sobre a manifestação de dia 7 Novembro no Marquês e sobre a greve geral de 24 do mesmo mês.

Sobre a CML os dois dirigentes do STML voltaram a falar que à intenção dos da administração da câmara em privatizar alguns serviços como a recolha de lixo, a manutenção mecânica, o saneamento e outros serviços da CML.

Porém a Câmara ainda não apresentou nada de concreto, talvez na próxima dia 27 de Outubro entregaria a proposta.

Nada de bom vem aí para trabalhadores da CML e para a população em geral.

Com a fraca mobilização em que estão os trabalhadores da CML só os directamente envolvidos poderão lutar contra estas medidas, por que não existe na câmara solidariedade entre trabalhadores por que isso não faz parte dos actuais sindicatos que dominam os trabalhadores e partilham desse sentimento.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:11

 

“Mário Castelhano: Uma vida militante pela Liberdade”

 

Paulo Guimarães – “Sindicalismo nos anos de promessa, controversias e repressão”

 

Luís Garcia e Silva – “Resenha biográfica de Mário Castelhano”

 

dia 30 de Outubro, Sabado, 15 Horas , na Biblioteca da Resistência,

Próximo das Av. Forças Armadas em Lisboa

 

Organiza: CEL

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:17

Pág. 1/4




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D