Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sondagem quer a Ibéria

por uon, em 05.04.11

O número de portugueses e de espanhóis que defendem a união federativa entre Portugal e Espanha aumentou em 2010, para 46 e 39% respectivamente.

Não faz qualquer sentido portugueses e espanhois estarem de costas voltadas neste cantinho da Europa.

Portugal e Espanha sempre tiveram relações diplomáticas e comerciais casamentos e relações de amizade.

Apesar de nos primórdios tivesse havido guerras politicas e militares entre os dois povos, muitos dos políticos e dos governantes da altura os povos sempre primaram pela amizade entre os dois povos.

Essa também é uma velha aspiração dos anarquistas ibéricos, desde a velha CGT/AIT e da CNT/AIT e da FAI /Federação Anarquista Ibérica que preconizam essa vontade.

Na guerra civil espanhola houve muitos anarquistas lusos que lutaram com a CNT/FAI contra o fascista Franco  em terras espanholas.

Os políticos dos dois países querem sempre dividir para reinar e quanto mais divididos estiveram os povos mais eles levam a água-ao-moinho.

Embora esta sondagem de empresas burguesas não tenha esse objectivo, é um bom pronuncio que assim aconteça mesmo que as pessoas sondadas não sejam anarquistas e nem saibam o que isso é, queiram a união dos dois povos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:49

As medidas do PSD

por uon, em 04.04.11

Aumento do IVA

O IVA DEVIA SER ABOLIDO. O PAÍS PRECISA DE CONSUMO MAS EM FUNÇÃO DAS NECESSIDADES E NÃO EM FUNÇÃO DO LUCRO.

Aumento do IRS aplicado aos rendimentos mais elevados (2)

ABAIXAMENTO DOS ORDENADOS ATÉ AO 300 CONTOS E AUMENTO DOS SALÁRIOS ABIXO DOS 300 CONTOS EM FUNÇÃO DAS NECESSIDADES.



Corte nas pensões mais elevadas

CORTE ATÉ AOS 300 CONTOS E AUMENTO DAS REFORMAS ATÉ AOS 300 CONTOS

Redução dos benefícios fiscais do IRS

VER EM DOIS (2)

 

Despedimento de funcionários públicos

 

NUNCA JAMAIS EM TEMPO ALGUM  ACABAR COM OS MINISTÉRIOS E INTEGRAR NOS SERVIÇOS PÚBLICOS (4)

Eliminação de institutos, fundações e empresas municipais

VER (4)


Eliminação de todas as SCUT

ABOLIÇÃO DE PORTAGENS

Privatização de empresas públicas

AUTOGESTIONAR AS EMPRESAS PÚBLICAS



Redução dos benefícios fiscais em sede de IRC

VER ACIMA (IRS)

Concentração das autarquias locais

 

MANTER AS AUTARQUIAS COMO UMA NOVA GOVERNAÇÃO AUTOGESTINADA

 


Acabar com a contratação de assessores para os gabinetes governamentais

A FAVOR


Aumentar o preço dos serviços públcios (saúde, ensino superior e transportes)

BAIXAR  OS PREÇOS DOS SERVICOS PÚBLICOS

Reestruturação da Administração Pública

ACABAR COM OS MINISTÉRIOS


Acabar com os suplementos das chefias do Estado

a FAVOR

Redução ao mínimo das viaturas de função no Estado

A FAVOR

Redução do número de ministros e secretários de Estado

ABOLIR AS TUTELAS


Extinção dos governos civis

A FAVOR

Corte na despesa da Presidência da República
ABOLIR ESTE CARGO E TRANSFORMA-LO NO SECRETÁRIO-GERAL


Redução dos subsídios de desemprego

ACABAR CO DESEMPREGO COM 5 HORAS DIÁRIAS PARA TODOS

Corte no rendimento social de inserção

COM UMA RESALVA PARA OS DOENTES/DEFICIENTES SUBSÍDIO NO VALOR DE 300 CONTOS


Corte nos investimentos em obras públicas

AS OBRAS ERAM ENTREGUES AS AUTARQUIAS AUTOGESTIONADAS E AS ISSENCIAIS AS POPULAÇÕES

Redução dos financiamentos às energias renováveis

SÓ ENERGIA ESSENCIAL

  

Adopção de medidas duras no combate à evasão fiscal

ABOLIR

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:46

Ainda não assinei e não vou assinar.
Não sei qual o motivo que move as pessoas que fizeram a petição de uma potencial e remota aliança entre o PC e BE.
Acho que este dois partidos são diferentes/mas iguais um sempre arreigado um passado no pro-sovietismo e o outro no trosquismo 
 do PSR versus stalinismo/albanismo da UDP/PCP (R).
Se bem que o PCP e o BE já não são os mesmo partidos do antigamente.
Houve aqui alguma evolução por parte do BE para a direita e até conseguiu canalizar alguns votantes do PS que estavam descontentes com o PS.
Por que o BE foi formado precisamente para isso dividir o PS e o BE tentar chegar à área do poder e fazer umas flores.
Nas anteriores eleições para a AR até propus essa solução, mas ela não foi ouvida, mas com uma programa que fosse a favor dos trabalhadores e contra o desemprego e a precarização do trabalho, penso até que estas reivindicações são acordo com as duas formações.
Esta coligação a fazer poderia chegar aos 25 % dos votantes junto os votos do BE/PC.
E o que é que os trabalhadores ganhavam com isso?
Estes partidos pertencem ao quadro do reformismo e dali não saem.
No fundo todos os partidos de Esquerda/Direita gravitam na orla do Estado onde está a gamela e onde todos vão mamar na teta e no fundamental fica tudo na mesma.
Os partidos não abdicam dos seus privilégios e isso está no sangue dos seus militantes que esperam pacientemente por um tacho com um chorudo ordenado.
Penso que no quadro do sistema não há nada a fazer, só fora dele.
Os trabalhadores e o povo só serão felizes se for obra deles e nunca ninguém por eles.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:59

Neste pretenso Estado Direito Democratico os quatro órgãos de polícia criminal realizaram mais de 10 mil escutas telefónicas no ano passado, segundo o Relatório Anual de Segurança Interna (RASI).

Afinal esta democracia encontra-se fortemente vigiada pelas polícias que em vez de investigarem quem meteu o país no caos económico e social e responsabiliza-los pela façanha, o povo que trabalha, que está desempregado ou precariezado é que é o perigoso.

Aonde é que estão os crimes de colarinho branco tão badalados nos jornais nesse  relatório de (in)segurança interna.

E os crimes praticados pela polícias também foram mencionados no relatório ou ficaram de fora ou não são crimes?!

Só os crimes praticados pelo pobres é que são mencionados no relatório.

Os grandes crimes económicos praticados por este governo com o auxilio do PSD esses ficaram esquecidos.

Faz sentido os crimes de assalto a residências aumentaram e foram praticados pelo fisco e por este governo às residências dos trabalhadores, roubaram tudo quanto puderam, LCD, frigorificos, máquinas de lavar, carros, etc.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:05

Pág. 3/3




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D