Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Carta recebida por email
 
Tenho o persentimento que o meu sindicato (s.t.a.l.), não está a salvaguardar os meus interesses e que está  a criar um vazio nas expectativas dos/as trabalhadores/as de uma organização que mais que ocasionalmente reivindicativa, deve ser mais interventiva quotidianamente.
pessoalmente, na c.m. de santarem, não me considero convenientemente acompanhado pelo stal, tanto no dia-a-dia, como no inquérito disciplinar que tive recentemente, e que se pode tornar em um processo critico para a minha situaçao sócio-económica, e que a actuação do sindicato foi nula. não me apoiou, informou, encaminhou durante a fase de inquérito, dizendo que o fariam quando eu recebesse a nota de culpa, ou seja, podia me enterrar no inquérito, que depois logo se veria?
acerca de uma falta justificada, que me foi injustificada por meus superiores hierarquicos, o meu advogado sindical, pediu-me uma certidão dos recursos humanos da camara que me custou 16 euros. quando consegui uma audiencia pessoal com ele, ele me disse qu a situaçao nao era grave, pois nao me posseram nenhum processo disciplinar e que, de qualquer maneira perderia a remuneraçao desse dia (o que é correcto), e que nem necessitava de tirar essa certidão (hem?!). 16 euros, para quem ganha 485 é imenso quando se trata de um pai solteiro com um dependente, sacrificando a minha saude para os conquistar. eu chamei-lhe á atençao que a questao aqui, era o facto de ficar com menos um dia de ferias e de contribuir, com a minha inercia, para a prepotencia das minhas chefias, ao que o advogado me respondeu que para por o caso em tribunal tinha que pagar 600 euros de inicio em custas, sem se preocupar em me encaminhar para o apoio judiciário da segurança social.
não pretendo aqui e agora, abordar a questão acerca da burocracia sindical em que está atolado o stal e a cgtp, o que cria o afastamento da unidade e acçao de base. creio que é urgente organizar alternativas a estas situaçoes, que por vezes me fazem questionar os "funcionarios/as" sindicais, de que lado estarao...
 
saude, coragem e viva!
 
raul gonçalves.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:58

Gomes Canotilho conceituado prof. de Direito da Universidade de Coimbra disse hoje à Antena Um, que as medidas que o governo está a tomar (cortes) contra os trabalhadores públicos e privado seriam claramente inconstitucionais, mas há luz do "interesse nacional" o tribunal constitucional está a fazer vista grossa.

Pois claro,  os membros do Tribunal Constitucional não estão a cumprir o que a actual Constituição manda e como tal estas medidas são puramente inconstitucionais e deviam ser demitidos.

Este professor disse também que Sócrates não podia negociar com a Troika por que estava demitido.

Por aqui se vê os trabalhadores portugueses estão ser vilipendiados dos seus direitos por causa do interesse pessoal que os políticos que nos governam e governaram tem levado a cabo, e onde os trabalhadores que dão a força de trabalho são os prejudicados do costume.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:20

Jacinto Nunes ex.ministro da finanças considera que os cortes dos subsídios de férias e Natal aos funcionários públicos e pensionistas foram um mal menor.

Claro para este cavalheiro os despedimentos são inevitáveis por que as contas deles são iguais ao do merceeiro da esquina que quando se vê aflito aumenta o preços dos produtos e está o assunto resolvido, mas a má gestão continua.

Já Van Zeller também quer suspender os subsídios de natal e de férias no sector privado, para os patrões comprarem mais um chalé e um jipe com o dinheiro dos trabalhadores.

Marcelo Rebelo de Sousa também está de acordo com os cortes mas acha que PaSSOs devia explicar.

Mas Sr. Marcelo explicar o que não tem explicação o que ninguém entende que estes cortes são para matar o doente com medicação receitada.

Esperamos que nos enganemos, mas isto caminha para uma guerra civil.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:48

 

Segundo a rádio renascença os antigos titulares de cargos políticos vão escapar ao esforço adicional de austeridade que está a ser exigido aos funcionários públicos e pensionistas que ganhem mais de 485 euros.

Esta governo está a seguir as pisadas da Grécia em matéria de politica financeira dizem todos os analistas políticos que lhe são próximos.

Os funcionários do Estado são as principais vitimas deste governo vão-lhe ser exigidos sacrifícios nunca vistos para pagar uma factura na qual não tem responsabilidades.

Os responsáveis políticos esses que recebem pensões vitalícias por meterem o país no abismo só são taxados no iRS por que claro são muito pobres.

Se a Grécia já está no abismo a que foi conduzido pelos políticos locais estes nossos caminham a passos largos para o mesmo precipício. 

Se os militares não meterem ordem nisto serão também responsabilizados pelo que está a suceder.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:21

Você conhece Tommy Hilfiger

por uon, em 18.10.11

notícia recebida por email

 

Em 25 de janeiro, domingo, foi publicada uma informação sobre TOMMY HILFIGER.
Oprah Winfrey (famosa apresentadora da TV americana), num de seus últimos programas, entrevistou Tommy Hilfiger, estilista, cuja grife leva seu nome.
No programa, Oprah lhe pergunta se, de verdade, ele tinha feito o seguinte comentário:

"Se eu tivesse sabido que negros americanos, judeus, latinos, espanhóis, venezuelanos, cubanos, argentinos, chilenos, mexicanos, bolivianos, peruanos, brasileiros e asiáticos comprariam minha roupa, não a teria desenhado tão boa. Desejaria que esse tipo de gente não comprasse minha roupa, pois ela é feita para gente caucásica (gente branca), de alta classe! Eu preferiria doá-las aos porcos."

Ante a pergunta de Winfrey, se ele tinha feito tão cruel afirmação, Hilfiger respondeu com um simples e sucinto
SIM.
Também admitiu seu ódio pelos judeus e sua admiração por Hitler.

Imediatamente depois, Oprah exigiu que ele abandonasse seu programa.

Nossa sugestão:

Vamos lhe dar o que ele está pedindo.
Não compremos mais seus trapos, de tal maneira que não lucre mais nada e que sua fabrica vá à falência. É isso que desejamos a essa pessoa que fomenta o ódio, a discriminação e o racismo.

Por favor, envie essa mensagem aos seus contatos, vamos fazer deste email uma corrente de modo que não fique um latino sem ler e reenviar este email.
Vamos demonstrar a essa vil criatura o que nós, latinos, judeus, negros, asiáticos e todo ser humano inteligente, somos capazes de fazer.

Um abraço a todos.

Olhe bem para esta logomarca e guarde-a em sua memória para
NÃO COMPRAR NADA QUE TENHA ESSA MARCA.



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:18

CGTP e UGT decretam greve geral

por uon, em 17.10.11

Depois de reunião dos lideres a CGTP e a UGT anunciaram que vão decretar greve geral em data a anunciar.

Estas duas centrais colaboracionistas controladas pelo PCP e pelo PS/PSD e que estão na concertação social onde são cozinhadas  as traições aos trabalhadores entre governo sindicatos e patrões vem agora declarar greve geral depois de andarem sucessivamente a trabalhar com este e com os anteriores governos.

Na falta de uma organização sindical revolucionaria os trabalhadores estão nas mãos de uma matilha de lobos e servem de joguete para os interesse do capital.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:04

Milhares de pessoas perante um sol escaldante percorreram o Marquês e S. Bento e demonstraram a sua indignação do que está acontecer neste cantinho da Europa.

Empunhando cartazes e gritando palavras contra a troika e o governo os manifestantes juntaram-se junto do Parlamento onde se realizou uma assembleia popular, cerca das 19 horas.

Os manifestantes conseguiram ocupar na escadaria de acesso ao parlamento, perante a oposição da polícia.

Houve algumas escaramuças entre manifestantes e polícias, mas nada de especial.

Depois os polícias de choque entraram em cena armados de bastão e viseira  e formaram um cordão no parlamento.

Os manifestantes pediram greve geral com forma luta contra as medidas do governo da troika.

Estiveram presentes na manif. desde monarquicos a anarquistas e anónimos o que revela clima de insatisfação geral.

Já foi aprovada uma nova manifestação em S. Bento no dia da discussão do orçamento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:35

Isto está a ficar negro

por uon, em 14.10.11

Passos anunciou ontem que o 13º e as férias dos trabalhadores do Estado e empresas públicas vão ficar congelados para quem ganhe mais de mil euros.

Quem ganhar menos do que mil euros, fica automaticamente sem um dos subsídios de férias ou o 13º.

Foi também elevado o IVA da restauração para os 23%.

Os trabalhadores do privado vão trabalhar mais meia hora por dia o que prefaz mais 15 horas por mês que vai beneficiar ainda mais o desemprego e terão ainda menos tempo para viver.

Passos anunciou um filme de terror para os próximos anos para os os trabalhadores estatais e do privado que vão ter de dar o litro para o Estado capitalista.

Aos subsdíos de férias e de natal os trabalhadores poderão dizer adeus.Nem que venha o Seguro ou outros para o governo não mais virão, tudo o que é provisório torna-se definitivo e por muitos anos.

Cada um organize-se como quiser individual ou colectivamente por que a vida com estes gajos está a ficar negra.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:11

Cavaco numa das suas visitas reais ao estrangeiro “As mudanças em curso são condições imprescindíveis para o reforço da sustentabilidade financeira e para a recuperação económica dos nossos países. Todavia, representam sacrifícios pesados que se imporão aos nossos cidadãos por vários anos”.

Claro está sempre subjacente a sustentabilidade financeira dos bancos e nunca das pessoas que podem ir à falência, não que comer perder a casa, perder o emprego que nada nem ninguém faz nada por ninguém e vamos andar aqui muitos anos a pastanejar que não conseguimos sair da cepa torta.

O governo aproveita atráves do Orçamento do Estado para apertar os funcionarios públicos com mais cortes e aumentos só em 2014, em quanto isto os trabalhadores do Estado vão perdendo o poder de compra, indo para a mobilidade com cortes ainda mais acentuados. 

Também a hotelaria está confrontada com a ida do IVA para 23 % o que fará que muitos empresários aproveitem para se verem livres de mais trabalhadores ou terem de fechar portas.

Estamos a entrar num caminho muito perigoso, desemprego, aumentos, cortes, esta é a sina do governo e quanto aos bancos são recapitalizáveis com o dinheiro dos nossos impostos.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:35

Novo hino nacional

por uon, em 12.10.11

NOVO HINO NACIONAL 
 

 


 

É para cantar de pé e de cabeça descoberta!

NOVA LETRADOHINO NACIONAL 
 

 

Heróis do mal
Pobre Povo
Nação doente
E mortal
Expulsai os tubarões
Exploradores de Portugal
Entre as burlas
Sem vergonha
Ó Pátria
Cala-lhe a voz
Dessa corja tão atroz
Que há-de levar-te à miséria
P'ra rua,  p'ra rua
Quem te está a aniquilar
P'ra rua, p'ra rua
Os que só estão a chular
Contra os burlões
Lutar, lutar !

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:52




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D