Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Governo decreta servicos mínimos nos transportes

22.11.11, uon

Governo decretou serviços mínimos nos transportes:carris stcp e cp.

Os serviços na carris e stcp mais parecem serviços máximos.

O governo está apostado em fazer fracassar a greve geral com os serviços mínimos e impedir que os trabalhadores dos transportes possam fazer greve.

O governo apesar de dizer-se democrático procura salvaguardar o seu poder supremo através de mecanismos legislativos para impedir que os trabalhadores possam defender as suas aspirações e mudar o sistema social vigente.

Uma greve geral que seja só por questões meramente económicas não pode à partida ter sucesso.

Uma greve geral deve ter como objectivo a mudança de sistema social por que senão continua tudo na mesma.

O governo também em dias de greve geral também não deixará de dar instruções aos órgãos repressivos por muito que eles estejam desmoralizados com os cortes sofridos, para reprimir os trabalhadores amotinados.

As forças repressivas são perigosos e desmoralizados ainda são piores e em casos de motim não deixarão de deixar a sua fúria contra os trabalhadores e porem-se aos tiros por dá aquela palha e por menos já fizarem isso no 1º de Maio de Setúbal.

 

 

 

 

Trabalhador em greve e deputado a trabalhar

21.11.11, uon

Enquanto milhares de trabalhadores vão estar em greve no dia 24N pela melhoria da sua situação social laboral, etc os deputados na Assembleia da República vão estar todos a trabalhar em "nosso prol".

O deputado não faz  greve por que não é trabalhador, é eleito pelos eleitores que votaram, portanto não pode fazer greves.

O deputado e demais orgãos eleitos, com este estatuto social é um privilegiado, não necessita fazer greves por têm a sua situação resolvida, ganha um chorudo ordenado sem fazer nenhum.

O deputado seja da oposição ou do governo tem todos o mesmo estatuto social uns votam contra outros a favor na maioria das vezes.

Enquanto os deputados da assembleia da república reúnem todos os dias para nos lixarem a todos quantos estão cá fora, o deputado da assembleia municipal reúne periodicamente e ganha em senhas de presença x.

Um autarca de uma assembleia de freguesia eleito pelos eleitores locais reúne de três em três meses para verificar a actividade da junta e ganha em senhas de presença e dá para 3 maços de tabaco.

Assim são os deputados todos eleitos pelo o voto dos votantes e todos diferentes.

A história dos leões e das gazelas

18.11.11, uon

Esta europa não é solidária todos se f... uns aos outros.

E como estar nula jaula com vários animais.

Os mais fortes comem os fracos.

Portugal é também daqueles países que está na jaula pronta para comer outros animais, só que tem azar, os animais que lá estáo, são tudo leões, aves de rapina prontos a consumir a gazela que é o seu manjar diário.

Sair da jaula é uma reividicação que devemos assumir, mas como em Portugal também existem jaulas onde os leões consomem as gazelas a lutas das gazelas só pode continuar para obrigar os leões a serem amigos da gazelas.

Governo apostado em diminuir o desemprego

17.11.11, uon

Miguel Macedo, admitiu um agravamento da criminalidade grave, virulenta e organizada.

Não há dúvida que este ministro tem piada.

A maioria dos crimes graves, virulentos e organizados partem do(s) governo (s) ou por si patrocinados com as medidas que tomam.

O roubo do 13º e das férias é um casos desses.

Para contribuir para o combate à criminalidade grave, virulenta e organizada o governo está apostado em diminuir o desemprego recrutando para a PsP e GnR mais uns quantos que nada vão produzir e vão-se controlar uns aos outros.

Afinal o Estado não tem gente a mais.

 

 

António Borges, próximo primeiro-ministro?

17.11.11, uon

Com o gang do Passos  não vamos a lado nenhum. É um homem que não tem competência para o lugar, se é que é preciso competência para aquele lugar, onde todos passam lá e deixam lá a marca dos cortes e dos aumentos contra o povo português. Com Borges que é um tecnocrata que fez carreira no FMI e na Goldman Sachs que são os chefes de fila do Capital também não vamos a lado nenhum.

Na Grécia e na Itália os governos mudaram por que os partidos estão desacreditados e só tem posto os países na falência, agora será a vez do tecnocratas de ascenderem aos lugares de topo.Cá em Portugal também no tempo do Eanes houve dois governo de iniciativa presidencial de Nobre da Costa e Pintassilgo. Um não passou no parlamento a outra passou mas teve um tempo efémero.

Não há dúvida que o capitalismo está a deriva já experimentou todos os cenários e todas as suas alternativas e nada funciona.Só resta nós dar-lhes um empurrão para nos vermos livres deles.

 

 

António Borges, próximo primeiro-ministro?

 

António Borges, PSD, antigo candidato à liderança do partido, demitiu-se, “por motivos pessoais” do cargo de director do FMI para a Europa. Na ausência de mais informações e, sabendo-se das fortes ambições políticas dele, dá para especular sobre o seguinte:

 

1 – Tem uma  ligação próxima a Manuela Ferreira Leite e Cavaco; no tempo deste como PM foi vice-governador do Banco de Portugal

 

2 – Cavaco esteve esta semana nos EUA onde Borges trabalhava. Nem sequer falaram pelo telefone?

 

3 – Têm sido evidentes as diferenças entre as posições de Cavaco e Passos sobre a intervenção do BCE e a emissão de obrigações (eurobonds)

 

4 – Cavaco sempre teve um olímpico desprezo por Passos, eleito no PSD com o apoio da ganga mais reles do partido – os autarcas – em regra, desprezados pelos aristocratas de Lisboa

5 – Cavaco há meses (e referi isso no FB, na devida altura) estabeleceu despachos semanais com os ministros Gaspar, Álvaro e Portas, com o evidente propósito de reduzir o papel de Passos

 

6 - Também Manuela, após um longo silêncio, teceu a sua consonância com o seu amigo Cavaco, nos últimos dias

 

7 – Cavaco tem mantido um posicionamento mais crítico e mais interventivo com Passos do que com Sócrates

 

8 – Os afastamentos recentes de Papandreu e Berlusconi evidenciam que a mudança de primeiro-ministro não exige eleições prévias.

 

9 – Esses afastamentos decretados em Berlim mostram também que os seus substitutos não precisam de ser provenientes dos aparelhos internos dos partidos

 

10 -  Em Itália e na Grécia os novos PM são tecnocratas, com vasto curriculo de malfeitorias ao serviço de instâncias ligadas ao capital financeiro

 

11 – O brasonado Borges (barão ou semelhante de Alter do Chão) esteve no Goldman Sachs e no FMI com passagem pelo Banco de Portugal

 

E se estivesse na forja a saída de Passos e a colocação de Borges para o seu lugar?

 

Isto é só especulação. Ou melhor é cá um “suponhamos  que…) (GT)

Portas o caixeiro viajante

16.11.11, uon

Paulo Portas transformou-se num caixeiro viajante, viajando pelo mundo pedindo a todos os santinhos para que os empresários locais invistam em Portugal.

Depois de ter passado pelo ministério da defesa onde deixou um rasto de dois submarinos que davam para alimentar quase meio Portugal e contribuiu para o défice democrático e não conseguem atracar nos portos nacionais devido à sua dimensão, agora no negócios estrangeiros viaja pelo mundo e nestes x meses de desgoverno nacional já visitou x países ajoelhado-se para que invistam em Portugal por que nós precisamos de investimento como pão para a boca.

No parlamento foi acusado pelos seus pares de desaparecido em combate e nem se sabe por onde anda.

Portas anda pelo mundo passeando e fazendo turismo gastando o "nosso".

Aproveite aproveite homem que "no aproveitar é que está o ganho".

 

Os feriados funcionam como relaxante

15.11.11, uon

A pretexto de mais trabalho mais riqueza, o governo pretende abolir dois feriados civis e dois religiosos, o 5 de Outubro e 1 de Dezembro, o "corpo de deus" e  "Sr.ª Assunção" com o apoio da igreja católica que dá o seu ámen aos dois feriados religiosos.

Do ponto de vista politico o 5 de outubro e o 1 dezembro já nada representa a não ser simbolicamente para os politicos actuais fazerem uns discursos recalcados em que pouca gente acredita.

O 5 de Outubro dia da implantação da República é talvez mais importante por que foi a queda da monarquia reinante e deu lugar a uma nova esperança para o povo e para os operários que muito lutaram por uma vida melhor e que não chegou a ser concretizada por que quem tomou conta do novo poder passou a fazer o mesmo que os monárquicos.

A diferença é que numa república todos podem candidatar-se mediante certas condicionantes e na monarquia o poder é herditário de pais para filhos havendo no issencial o mesmo objectivo, o Poder.

Quanto ao 1º Dezembro à muito que Portugal perdeu a sua independência nacional desde que está na Nato/CEE e até era mais benéfico criar uma federação de povos ibéricos, a Ibéria.

Os feriados funcionam como um relaxante para quem trabalha, mas para os senhores do poder querem é mais trabalho para quem trabalha.

 

 

Governo prepara plano para tumultos e barricadas

14.11.11, uon

O ministro da economia disse que o ano de 2012 vai ser o ano que inicia a saída da crise.

Ninguém acredita nesta profecia do ministro e toda a gente sabe que vai ser o contrário.

Segundo o Jornal I o governo está a prepara um plano de contingência para potenciais tumultos e barricadas.

Se fosse verdade o que o ministro diz, não era necessário ao governo preparar um plano para o governo continuar a trabalhar e a dar instruções aos serviços do Estado em casos de situações análogas.

O governo prevê deslocar os seus serviços para outros locais, por que julgam que irão ser afectados com barricadas e tumultos manifestações virulentas, etc, não vá o diabo tece-las.

Por aqui se vê que este governo não tem boas intenções e sabe perfeitamente que a situação social vai piorar e assim quer governar contra o povo.