Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Comunicado dos manif da belaflor

por uon, em 28.06.13

 

http://colectivolibertarioevora.wordpress.com/2013/06/28/solidariedade-comunicado-de-imprensa-dos-cerca-de-200-manifestantes-detidos-no-bairro-da-bela-flor/

manif

Nós, os manifestantes detidos hoje, 27 de Junho de 2013, no bairro da Bela Flor, saímos em manifestação espontânea a partir de S. Bento, com a polícia constantemente a acompanhar-nos sem nos nos dar qualquer tipo de indicações. Durante todo o percurso, os manifestantes foram pacíficos e não causaram qualquer tipo de danos. Após a passagem pelo Centro Comercial das Amoreiras, quando nos aproximámos do acesso para a Ponte 25 de Abril, pela primeira vez, as autoridades comunicaram connosco para nos indicar que enveredássemos para o acesso à Ponte 25 de Abril. Fomos encorralados por dezenas de membros e carrinhas do corpo de intervenção que esperavam fora de vista, e então dirigidos para o bairro da Bela Flor, sempre rodeados pelo corpo de intervenção. Ficámos detidos na rua desde as 19 horas (passa já das 23 horas e só agora estamos aos poucos a ser libertados), sem acesso a água ou sanitários. Após identificação e revista um a um dos cerca de 200 manifestantes, foram-nos apresentados, documentos para assinar ao mesmo tempo que se dificultava o acesso a advogados. Acabámos por saber que teremos que comparecer todos amanhã, 28 de Junho, às 10 da manha no Campus da Justiça do Parque das Nações. Pedimos a presença e solidariedade de todos para os procedimentos.
Já na anterior Greve Geral aconteceram inúmeras irregularidades nas detenções que foram efectuadas e, mais uma vez, o governo procura formar um escândalo para tentar abafar o impacto da Greve Geral.
Aqui não há criminosos mas há arguidos; no governo não há arguídos, há criminosos.

Os Manifestantes Detidos no Bairro da Bela Flor
Bairro da Bela Flor, 27 de Junho de 2013

manifestantes.da.bela.flor@gmail.com

 

Manifestantes foram detidos pela PSP depois destes os terem dirigido para a Duarte Pacheco.

Foram maltratados pelas autoridades negando acesso a sanitários e de beber.

São acusados de manif ilegal e de não deixar passar o tráfego automovel.

Estas acusações são muitos frágeis, pois elas não constituem crime.

Mais uma vez os defensores dos criminosos do governo fizeram um mau trabalho.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:30

Marques Guedes lembrou que a greve é um direito previsto na Constituição, tal como o é o direito a trabalhar. "É de trabalhar que o país precisa", defendeu o governante na conferência de imprensa após a habitual reunião semanal do Executivo.

Mas cada dia que passa o trabalho dá origem a desemprego.

Primeiro vem sempre com a cantilena que a greve é um direito legitimo, mas isso ajuda a desmobilizar os potenciais grevistas.

Depois dizem que respeitam mais os que estão a trabalhar e que é preciso é mais trabalho.

Mas o que vimos é que o governo não respeita os grevistas por questões de classe e não respeita os que trabalharam por que são uns parvos e não sabem que o governo os engana e os explora.

O povo, os trabalhadores tanto do público como do privado estãoa ser espremidos pelo o governo com os cortes e com a repressão por si gerada.

Também há quase uma guerra civil entre trabalhadores privados e públicos os primeiros acham que os públicos tem mais regalias laborais e sociais que os privados e é nesta guerra intestina que o governos jogam.

O governo até conseguiu que os seus tradicionais apoiantes (patrões) estejam contra si por mera táctica ou não.

Até esses já viram que com este governo não ganham o que ganhavam, pois o consumo tem vindo a baixar drasticamente.

Precisamos de 25 horas de trabalho para o mesmo chegar a todos.

 

 



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:58

http://internationalworkersassociation.blogspot.pt/2013/06/solidariedade-internacional-militante.html

 

Pedimos solidariedade ao companheiro Icaro Polleto que foi apreendido hoje pela policia militar durante a passeata pela melhoria do transporte publico em Araxá.
Segundo testemunhas a passeata seguia pacifica até o momento que a PM chegou agredindo todos os manifestantes e o levando motivo.
Até agora seguimos sem informação do seu estado e permanência nas dependências militares da cidade


SOLIDARIEDADE TOTAL AOS COMPANHEIROS JULIANO E ICARO POLETTO, PRESOS NA CIDADE DE ARAXÁ POR PROTESTAREM .ACUSADOS INJUSTAMENTE PELO ESTADO FASCISTA.

SE TOCA EM UM TOCA EM TODOS,APOIO MUTUO E SOLIDARIEDADE SEM FRONTEIRAS.

SINDIVÁRIOS ARAXÁ FOM/COB/AIT IWA

FOSE/COB/ACAT/AIT

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:22

LUTAR POR

por uon, em 25.06.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:35

COMUNICADO DA AIT-LISBOA

por uon, em 25.06.13

À luta! Pela vida que nos querem roubar!

As reduções nos salários, os despedimentos massivos, os cortes nos subsídios e pensões, o aumento dos impostos... não são novidade e tendem a agravar-se num sistema capitalista em que uns trabalham e outros mandam trabalhar, em que mais de um milhão e quinhentas mil pessoas estão sem trabalho só em Portugal enquanto os governos injectam milhões nos bancos, uns vivem uma vida inteira de pobreza e outros são milionários...

Não aceitamos estas crises de que tanto nos falam como justificação para tudo, cá e em todo o mundo os pobres sempre viveram em crise; não aceitamos o desemprego, as guerras e a exploração a que somos sujeitos uma vida inteira para que uma pequena parte da população viva rodeada de luxos e mordomias.

Rejeitamos este sistema económico, político e social, não queremos mais ouvir as conversas da treta dos banqueiros, políticos e centrais sindicais; estamos cansados de ser enganados e acreditamos que não precisamos que mandem em nós, que decidam tudo por nós.

Queremos trabalhar mas de forma digna, sem obedecer eternamente a patrões, sem medo de cair na miséria a qualquer instante, aceitando todos os abusos e humilhações para não ficar sem trabalho. Ansiamos por uma vida justa, em que todos sejamos livres e possamos viver em plena igualdade social.

Se para resistirmos é necessário manifestarmos a nossa revolta; paralisar esta economia através de greves gerais e por tempo indeterminado e lutarmos para fazer o maior dano possível aos interesses económicos da elite empresarial e financeira; ocupar as ruas, as empresas, as fábricas, as casas abandonadas, os terrenos por cultivar, as escolas, os hospitais, os transportes públicos; criar cooperativas e assembleias de bairro; organizarmo-nos no trabalho, na escola, em grupos de desempregados, de vizinhos, de amigos, e tomar a vida nas nossas mãos, sendo nós próprios a repartir em igualdade o trabalho e a riqueza, então vamos a isso!!!

Sem líderes nem hierarquias mostremos a nossa revolta contra este sistema que nos transforma em escravos!

Associação Internacional dos Trabalhadores
Secção Portuguesa - Núcleo de Lisboa
20/06/2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:12

Segundo as últimas informações, a horta do monte está neste momento a ser destruída pelos bulldozers da CML. E assim se continuam a deitar por terra os poucos projectos positivos que se vão desenvolvendo neste país com tanto esforço e dedicação... Partilhem e se puderem compareçam ao local

http://hortadomonte.blogspot.com/

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:03

Um jardim no antigo Aquaparque, uma feira popular e várias "pequenas intervenções grandes na sua importância" são algumas das propostas apresentadas hoje pelos candidatos à Câmara de Lisboa António Costa e Sá Fernandes para o próximo mandato autárquico.

 

O povo anda na lua e os politicos que governam Lisboa idem aspas o dinheiro que não tem, mas é preciso fazer obra para encher o olho ao povo.

Certamente que uma feira popular não era a coisa mais desejada pelos lisboetas, por que andam de bolsos vazios e o Passos e a camarilha andam a tratar de nós) e quase não ganham para comer.
Também um jardim naquele local também ficará bem por já temos o Monsanto que é um imenso jardim que anda a ser comido aos poucos pelo o betão armado e precisava que alguém zelasse por ele e não tem.
Por isso essas cabeças não tem massa cinzenta mas teias de aranha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:06

O povo anda na lua.

por uon, em 24.06.13
A razão dos brasileiros contra o gamanço e a corrupção. 

O papel dessa multinacional chamada FIFA´


Que ideia mais idiota que considerar de esquerda o poder brasileiro. O PT  não passa de um partido nacionalista, com pretensões à hegemonia regional, que alia o FIESP, a poderosa federação da indústria paulista (e os seus partidos) e os sindicatos petistas


O povo brasileiro luta e ainda bem. Aqui a troika vai manobrando o seu governo, com uma oposição débil, um movimento social inexistente mas ... muitas festas de santos populares


http://www.apublica.org/2013/06/por-protestam-contra-copa/

 

Enquanto eles forem adormecendo o povo com as festas populares católicas pagãs e sardinha assada a cerveja ao preço da morte tão eles bem.

Haja festas para o povo comemorar e para eles explorarem.

O povo anda todo na lua.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:38

Onze jovens da JCP foram detidos e alguns algemados numa escola do Porto por pintar um mural alusivo aos dois anos de Governo de Pedro Passos Coelho.

A repressão a que nem o PCP escapa como partido do sistema que é.

A nova lei dos "grafittis" estará a dar já os seus frutos com detenções.

A repressão é mais que muita com o governo a não dar trunfos a oposição parlamentar.

Impunha-se solidariedade aos jovens detidos por parte do Partido, mas isso ficam-se pelas palavras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:19

 

vigilancia policial escalada

http://juventudeslibertariasmadrid.wordpress.com/2013/06/07/la-policia-nos-sorprende-cada-dia-mas-grupo-corvus/

 

Porquê tanta preocupação com a net.

Nós temos um polícia que zela por nós.

Estejam a vontade tudo corre sobre rodas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:09

Pág. 1/4




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D