Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Armas não serviços prioritários sim

19.09.13, uon

Assad deu uma entrevista ao canal Fox News e negou a responsabilidade pelos ataques de 21 de Agosto e diz que vai destruir o seu arsenal químico, mas precisa de mil milhões para as destruir.

Pronto daqui estamos safos.

Agora só é preciso dizer ao Obama Camerom, Holande, Putin, Merkel, Passos, Rajoy, Nato e China etc para destruírem os seus arsenais que deve bastante numerosos, tanto em armas ligeiras, como pesadas e/ou sofisticadas.

O mundo tinha a ganhar se as armas fossem destruídas e esse investimento fosse para  funções prioritarios às populações: trabalho, indústria habitação, saúde, habitação, estradas, serviços públicos, etc.

 

AIT Lisboa debate Autogestão

18.09.13, uon


1. O que é a Autogestão? Conceito, características e distinção entre co-gestão e cooperativismo.

2. Apresentação da experiência da Vio.Me, Grécia– breve história e vídeo.

3. Estudo de caso – Vulcanos Estufas Soc. Coop. Espanha – história e apresentação de rácios económicos e financeiros.

4. Debate.

seguido de Jantar vegetariano às 20:00


no Centro de Cultura Libertária
Rua Cândido dos Reis, 121, 1º Dto. - Cacilhas

organizado por:
Associação Internacional de Trabalhadores – Secção Portuguesa
Núcleo de Lisboa

 

http://ait-sp.blogspot.pt/2013/09/debate-sobre-autogestao-21-de-setembro.html

Eleitores lavram no mesmo erro há 40 anos

16.09.13, uon

(IndYmedia)

 

Confiança dos cidadãos nacionais nos partidos atingiu recorde negativo histórico e já é inferior a metade da média comunitária (19,6%). Crise, medidas de austeridade e alternância no poder são alguns dos fatores explicativos da rutura.
Se até aqui o assunto era maioritariamente abordado por teóricos ou estudiosos de ciência política, agora os números demonstram-no de forma inequívoca: nunca a confiança dos portugueses nos partidos esteve num nível tão baixo.

Em cada 100, apenas nove cidadãos nacionais afirmam acreditar naquelas organizações políticas, de acordo com os dados mais recentes divulgados pelo Eurobarómetro.

 

 

Se em cada 100 eleitores só 9 confiam no partidos e é o resultado que andamos a 40 anos a lavrar no mesmo erro.

O erro é que os eleitores tem diversas alternativas partidárias de esquerda ou direita (PCP, BE, MRPP, PND, PNR) e só escolhem os mesmos de sempre PS/PSD/CDS partidos que tem levado isto para o caos económico social e a  política de repressão que temos assistido estes anos todos.

Não é que estes partidos sejam credíveis e mudem alguma coisa para melhor ou para pior mas pelo menos são alternativas que os eleitores podem votar.

 

A novilíngua de Passos Coelho: requalificar é a nova palavra para despedir

13.09.13, uon

 

 

George Orwell chamou-lhe novilíngua. Uma língua em que as palavras dizem o contrário do que significam. Foi no seu excelente livro “1984″, uma crítica demolidora sobre os regimes autoritários, do fascismo ao stalinismo. Agora esta socialdemocracia, neoliberal ou o que quiserem, vem inaugurar um novo discurso fascista-stalinista: despedir trabalhadores da função pública chama-se requalificar. PQP.

1984

 

Temos de fazer uma ressalva em relação ao stalinismo.

A Direita (PS/PSD/CSD) e jornalismo oficial compara Staline a Hitler.

Mais eles estão é branquear o nazi/fascismo com essa comparação.

Eles não podem com Staline por que ele limpou o cu aos nazis e aos direitistas que nos querem levar ao fascismo suavemente.

Staline foi um ditador verdadeiro por o sistema comunista autoritário não permite partidos politicos que não seja o comunista.

Staline é também odiado pelos trosquistas, mas Troski era também um ditador e só não ascendeu ao poder por que estava em minoria no Partido e que o digam os marinheiros Krondstar.

Não estamos aqui a endeusar Staline ou apoiar mas também não podemos pôr no mesmo saco Staline e Hitler por que são diferentes.

Se hoje temos liberdade vigiada a ele se deve.

 

http://colectivolibertarioevora.wordpress.com/2013/09/12/3277/