Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Não vejo razão para Sócrates não ser condenado

05.11.14, uon

Constança Cunha e Sá«Não vejo razão para Sócrates não ser condecorado, toda a gente é condecorada. Seria muito mais saudável nunca condecorar um ex-primeiro-ministro, mas, como são todos, mais tarde ou mais cedo, Sócrates vai ser condecorado», afirmou na TVI24.

Já sabemos que todos os primeiros-ministros são condecorados em Belém não pelo bem que fizeram ao trabalhadores e povo, mas pelo o mal que nos fizeram, o que é lamentável.

EUA:homem foi preso por alimentar sem abrigo

05.11.14, uon

Benfeitor foi detido enquanto alimentava os sem-abrigo, porque a cidade americana de Fort Lauderdale proibiu partilha de refeições no espaço público.

"Um agente disse-me 'largue esse prato imediatamente', como se eu tivesse uma arma", garantiu à CNN.

O mundo está completamente ao contrário, dar de comer aos sem abrigo é crime.

O(s) estado(s) promovem a miséria como um mal necessário e os sem abrigo são vitimas dessa promoção que qualquer ser vivente é um candidato, basta estar desempregado.

Se o sistema (estado) é o responsável pela situação também devia ter soluções para o problema.

 

 

 

 

 

 

Timor expulsa cooperantes portugueses

05.11.14, uon

Timor-Leste expulsou oito pessoas que cooperavam com o governo timorense, no domínio da justiça.

Já Timor-Leste também enviou milhares de dólares para ajudar os bombeiros portugueses.

Isto é no mínimo ultrajante para os nacionalistas de esquerda ou de direita deste pais, com 8 séculos receber dinheiro de um país que acaba de ser independente e agora ainda recorre a expulsões de portugueses que trabalhavam em Timor.

Segundo fontes os oito expulsos estão ligados à investigação de vários ministros do executivo timorense por corrupção, numa autêntica operação "mãos limpas" que decorria há cerca de três anos.

É no mínimo estranho que os magistrados investiguem membros dos governo de outro país e não o façam em Portugal;submarinos, BPN, BES; etc, etc.

Os portugueses pensavam ainda que estavam no período colonial e é claro os timorenses cortaram o mal pela raiz. Rua!

 

200 trabalhadores do ministério do ambiente a caminho desemprego

04.11.14, uon

O ministro do Ambiente adiantou hoje que vai haver uma redução de 200 postos de trabalho, dos quais apenas 100 trabalhadores poderão ser alvo de rescisões ou requalificação, uma vez que os outros 100 lugares estão já desocupados.

Quando o governo diz que o desemprego está a baixar, aqui está a prova que o desemprego está a subir pela mão da politica do governo.

Mais 200 trabalhadores do ministério do ambiente estão a caminho do desemprego pela via das rescisões, requalificação e outras manobras acrobáticas do governo.

Cavaco condecora Barroso

03.11.14, uon

Cavaco condecora com o Grande Colar da Ordem do Infante D. Henrique Durão Barroso pelos seus feitos enquanto chefe da comissão europeia.

Em Portugal insinua-se que ter um português num órgão internacional é uma mais valia para o país.

Barroso é a prova provada que um português à frente da comissão não foi benéfica para Portugal.

Barroso agradece e engrandece o currículo que o vai transportar para outros voos.

Barroso enquanto comissário não logrou que Portugal entrasse em falência financeira e nada fez para que a austeridade da troika entrasse também devido á sua má governação enquanto esteve em são Bento.

Portugal não foi beneficiado em nada nem tinha de ser, mas a Merkel foi uma das beneficiadas da sua passagem pela comissão.

Para os mais fortes serem beneficiados o resto da manada tem de ficar com os restos e os ricos agradecem.

 

 

 

 

 

 

 

Podemos na frente em Espanha

03.11.14, uon

Em Espanha o PODEMOS pode vir a ser o primeiro partido a conquistar o poder depois do PP e do PSOE.

Segundo rezam as sondagens este recem partido formado por gente da classe média e de esquerda moderna está na frente com 27 % seguido do PSOE com 26 %

Tal como em Portugal os espanhóis tem sido acossados com medidas de austeridade, corrupção e má governação dos partidos tradicionais.

Se o Podemos não for um flop pode atingir o poder fresco que está na sua atitude.

Os espanhóis estão fartos de serem lixados e qualquer aceno pode ser o bastante para mudarem de partido.

Mas nem tudo são rosas às vezes o tiro sai pela culatra.

Estamos na presença de políticos e os políticos são todos uma cambada de aldrabões, prometem, prometem e depois fazem um manguito.

Portanto olho vivo e pé ligeiro em matéria de votos.

 

Pág. 4/4