Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O comentário do candidato Ventura/PSD em Loures é uma questão táctica política.

O que eles querem saber é como povo de Loures vai reagir ao anti-ciganismo do PSD/Loures.

Se a coisa correr bem ao PSD em matéria de votos, ou seja se aumentar a votação esta campanha vai ser a nível nacional o projectara um PSD racista xenofobia contra esta camada da população portuguesa que foi martirizada pelos nazis e também pelo salazarismo.

O CDS embora tenha-se demarcado destas declarações de Ventura não deixa de ser responsável pela política de extrema-direita imprimida no anterior governo/PSD/CDS contra o povo e trabalhadores lusos e emigrantes.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:18

 

MARIANA VASQUES / GLOBAL IMAGENS

 

Não há nenhum candidato a Lisboa que restaure os eléctricos.

Que falta fazem os eléctricos em Lisboa.

Se houvesse as linhas que foram retiradas de circulação, hoje andavam cheias de turistas.

O turista gosta de andar é de eléctrico.

O turismo é benefico desde que não seja exagerado e pelo vistos estamos a caminho do exagero como é proprio da sociedade.
Por que razão não restauram as antigas linhas de eléctrico em Lisboa.

Carnide, Benfica, Poço do Bispo, Arco Cego, Campolide, Av. da Liberdade, Rossio, etc. etc. eram servidas de eléctricos, hoje temos níveis de poluição nunca vistos.

Tiraram os eléctricos para poluir toda a cidade com automóveis e autocarros.

Quem são ou foram os responsáveis.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:04

http://www.lamarea.com/2017/07/17/asi-era-convenio-laboral-regulaba-calor-1936/

Así era el convenio laboral que regulaba el calor (y la lluvia) en 1936

El documento, firmado en Sevilla por la sección de albañiles del SUC y la patronal a menos de un mes del golpe franquista, establecía la jornada de 36 horas semanales y lograba importantes avances sociales.

 Un libro editado por CGT-A analiza las bases negociadas, que apenas estuvieron en vigor 20 días.


 
 
Así era el convenio laboral que regulaba el calor (y la lluvia) en 1936

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:51

Comentário publicado no jornal "Mudar de Vida" que aguarda publicação.

http://www.jornalmudardevida.net/?p=4622#comment-45053

O BE e o PCP só revelam que estão inseridos no sistema democrático da treta que explora as classes trabalhadoras e estão muito contentes com a própria Nato que nos leva bastante dinheiro para "brinquedos" militares de morte.
O caso de Tancos revela também que o poder do estado no âmbito militar e policial é muito vulnerável e qualquer grupo criminoso ou outro pode apoderar-se do material militar sem qualquer problemas e que afinal o bom povo português não está assim tão protegido como pintam os "nossos" governantes, militares e policias.
O material militar serve apenas para negócios dos próprios militares; para missões internacionais de duvidosa humanidade e para repressão do próprio povo caso seja preciso.
O povo como é muito passivo e aceita tudo o que impõem não perde o respeito às instituições salvadoras por que senão já tinha feito ou pelo menos começado a revolução social.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:14

https://1969revolucaoressaca.blogspot.pt/2017/07/1977-07-19-assassinado-pela-policia-de.html#more

 

ASSASSINADO PELA POLÍCIA DE CHOQUE

 

LUÍS AUGUSTO CARACOL

TODOS AO FUNERAL, HOJE ÀS 16 30H

HOSPITAL DE S. JOSÉ JUNTO AO CAMPO SANTANA

 

MORREU UM COMBATENTE DA LIBERDADE!

A juventude de Portugal está de luto!

Luís Augusto Caracol, jovem operário metalúrgico de 17 anos de idade, faleceu ontem, dia 18 de Julho, vítima da repressão assassina da polícia de choque.

Militante da União da Juventude Comunista Revolucionária, membro do Conselho de Zona de Mafra, o jovem operário Luís Augusto Caracol foi atingido pela senha criminosa da polícia de intervenção quando no dia 13 de Julho, em Santa Clara, exigia a libertação do camarada Rui Gomes.

 

Revoltado pela arbitrária prisão do estudante antifascista Rui Gomes, o jovem Luís Augusto juntava a sua voz indignada à de todos os que têm elevado o seu protesto contra o arbítrio escandaloso das autoridades militares reaccionárias.

Lançados na rua pelo Governo Civil e pelo Ministério da Administração Interna, os fascistas assassinos da polícia de intervenção deram largas ao seu ódio ao povo e à liberdade. Foi isto que foram aprender ao Brasil dos Generais á custa do dinheiro do povo. As bastonadas violentas que atingiram o Luís Augusto provocaram-lhe um grave traumatismo craniano com afundamento. Apesar de imediatamente operado de urgência no Hospital de S. José, veio a agravar-se progressivamente o seu estado de coma, vindo a sucumbir às 18h. 20 minutos do dia 18.

E com profunda dor e incontida revolta que o Conselho Nacional da UJCR - organização juvenil do PCP(R) - inclina as suas bandeiras de Combate em homenagem ao companheiro de luta agora assassinado.

É a dor pela perca de um camarada aos 17 anos de idade arrancado à vida, ao convívio dos seus companheiros e familiares, ao caminho da luta corajosamente assumido!

E a revolta perante os crimes do fascismo que de novo ensombra, ameaçador, o futuro de Portugal!

Jovens operários e trabalhadores! Jovens estudantes! Povo trabalhador de Portugal!

Quando os fascistas assassinam um comunista, um revolucionário, não enterram cadáveres, lançam sementes vermelhas da luta pela revolução!

O jovem comunista Luís Augusto Caracol morreu lutando pela liberdade do povo; morreu porque lutava para que o fascismo não mais voltasse; assassinaram-no porque lutava pelo futuro livre e socialista da nossa pátria!

Que o seu exemplo frutifique!

Animados pelo ódio profundo aos crimes da besta nazi, fortalecidos pela vontade de varrer para sempre o fascismo da face da terra, transformemos a nossa dor em força e levantemos firme o protesto do nosso povo contra os crimes da repressão!

As cargas policiais do dia 13 são um passo da ofensiva reaccionária contra o Alentejo da Reforma Agrária, contra as empresas intervencionadas e contra a liberdade do estudante Rui Gomes.

A luta pela liberdade, contra a repressão assassina, pelo desmantelamento da polícia fascista, pelo julgamento exemplar dos criminosos fascistas, é a luta pela salvaguarda das conquistas democráticas e populares dos trabalhadores portugueses!

 

LEVANTEMO-NOS NA LUTA!

O FASCISMO NÃO PASSARA!

 

Lisboa, 19 de Julho de 1977

 

O Conselho Nacional da UNIÃO DA JUVENTUDE COMUNISTA REVOLUCIONÁRIA

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:36

A polícia de Riade, capital da Arábia Saudita, deteve esta terça-feira a jovem que usou uma minissaia e mostrou os cabelos num vídeo divulgado nas redes sociais.

Esta miúda teve uma atitude corajosa ao apresentar-se com mini-saia num pais que costumes conservadores.

Mas agora sujeita-se a ser condenada à morte.

Os países ocidentais sempre tão zelosos do humanismo tem aqui uma oportunidade de mostrarem o que valem e apelarem a libertação da jovem.

Os países ocidentais (CEE/UE/USA) deviam pelo menos ameaçar corte de relações com a Arábia Saudita caso a jovem não seja libertada.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:16

Por um sistema de rega nas florestas semelhante aos jardins públicos.

Este sistema podia não ser 100% eficaz mas pelo menos minimizada os prejuízos.

O estado se tem uma rede estradas em todo o pais também pode investir num sistema integrado de rega.

Os incêndios são o abono de família de muitos comilões.

Bombeiros, Protecção Civil, Siresp, celuloses, madeireiros, etc.

Pelos vistos também os partidos representados no parlamento também não tem ideias para minimizar os incêndios.

Será que também comem a sua dose.

Produzem muitas leis que não fundo não funcionam.

Quem paga estes desmandos os nossos impostos que nos são impostos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:45

UE vai impor sanções a Venezuela

por uon, em 19.07.17

Federica Mogherini, Alta Representante da UE para Política Externa e Segurança, já afirmou que a hipótese de sanções ao regime de Nicolas Maduro "está sobre a mesa".

Os países do Ocidente tem a solução:sanções.

As sanções nada resolvem.

Quem vai pagar ainda mais é o povo venezuelano. 
A Venezuela vive em penúria alimentar.

Não há alimentos nos supermercados para abastecer as populações.

Os hospitais tem falta de medicamentos para os doentes.

Não se percebe que tipo de sanções é que a UE quer impor à Venezuela.

De entre um regime autoritário madurista e uma direita retrograda e fascista, venha o diabo escolha.

http://periodicoellibertario.blogspot.pt/2017/07/edo-anzoategui-pnb-y-gnb-agreden.html

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:28

Conversa:

Que Democracia temos? Que Democracia queremos?


Amanhã às 18:30 - 21:00
Anfiteatro da Gulbenkian, Lisboa

Se puder apareça. Se não puder apareça na mesma.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:37

André Ventura/PSD candidato a Loures, retrata os ciganos como vivendo "acima da lei" e "quase exclusivamente dos subsídios do Estado". 

A direita/PSD caceteira a revelar-se.

O anterior governo de Passos/Portas fez política de extrema-direita durante quatro anos contra o povo.
No fundo a direita só é soft enquanto não tem poder absoluto ou quando está fora dele pode vomitar o desprezo pelo ciganos, negros, trabalhadores, etc.

"O fascismo é um bichinho que vem com pezinhos de lâ" como diz a canção do Sérgio Godinho.
Os ciganos e religiões que não católica também foram perseguidos pelos nazis na ascensão do nazi/fascismo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:59




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D