Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LUTA ENTRE CLASSES

LUTA ENTRE CLASSES

A abstenção vai descer?!

28.09.17, uon

Resultado de imagem para VOTAR

Costa a abstenção vai descer.

Com a tua boa governação feita por este governo há condições para o povo ir votar a 100 %.

Ninguém vai faltar.

Nem os mortos vão falhar.

Os mortos vão levantar-se da tumba bem cedinho e vão marcar presença nas assembleias de voto.

Ida a casa de banho a 0,50 € em gare de Coimbra

27.09.17, uon

Queria perguntar aos partidos concorrentes em Coimbra se sabem que na gare de camionagem da cidade paga-se 0,50 cêntimos para ir a casa de banho que foi privatizada.

Está um bilheteiro a porta a passar o bilhete e a receber a massa.

Que grande negócio.

A LUTA DE CLASSES ENTRE POBRES E RICOS

26.09.17, uon

É PRECISO QUE ESSE CAVALHEIRO VENTURA SAIBA QUE OS CIGANOS SEMPRE SEMPRE FORAM PERSIGUIDOS PELOS NAZIS, FASCISTAS, COMUNISTAS E DEMOCRATAS, ETC.

SE ELE QUISER TROCAR O ORDENADO DELE PELOS DOS CIGANOS ELES CERTAMENTE AGRADECEM.

RACISMO NÃO EXISTE, SÃO COISAS DO BLOCO E ETC.

EXISTE É CIGANOS POBRES CONTRA PODRES DE RICOS.

SE UM CIGANO RICO QUISESSE INVESTIR EM PORTUGAL TODA A GENTE LHE BATIA A PALA.

AINDA DIZEM QUE NAO LUTA DE CLASSES.

Esta democracia está doente e em fase terminal

26.09.17, uon

Ministério Público arquivara processo por maus tratos à mãe do menor em julho. No sábado, o miúdo de 7 anos caiu de um 3º andar, onde estava sozinho.

Mãe estava no café a beber.

Uma criança com sete anos apesar de pequena já tem o descerimento para ficar sozinha sem ter qualquer problema. 

Esta queda foi um acidente e não culpa da mãe que estava no café a beber.

Se há 40 crianças em risco quem são os responsáveis? Estado, governos, sistema de (in)justiça.

Primeiro provocaram a miséria, desemprego e repressão.
Depois passaram a segunda fase de dizer que os país não tem condições para criar os filhos.
Terceiro tiram os filhos aos país e mete-nos nas instituições do estado ou em prisões e fazem deles o que querem.

Esta democracia está doente e em fase terminal, mas nem morre nem a gente almoça.

 

Sem repressão as politicas de Direita não vingam

25.09.17, uon

Merkel tem a virtualidade de ao longo de 12 anos ter trazido para a ribalta política a designada extrema-direita.

A política de direita exercida por Merkel sobre os alemães e sobre os povos europeus a isso conduziu.

A "grande" Alemanha tem hoje grandes problemas laborais que no passado eram impensáveis. A precariedade laboral, desemprego salários miseráveis, etc. faz parte do vida dos alemães.
Com a aparição dos extremistas da AfD uma nova receita de repressão está destinada aos alemães e em particular aos emigrantes.
Mas a AfD nunca será um partido de extrema-direita clássica se não tiver o apoio das forças de repressão (policia) por que esses é que são o verdadeiro sustentáculo do poder seja de direita ou de esquerda.

Não passes cheques em branco aos partidos

22.09.17, uon

Há quatro anos a abstenção nas autárquicas roçou os 50 % nalguns casos noutros não.

Há vários factores que contribuíram para este desenlace.

1º O divorcio dos políticos e dos partidos em relação aos eleitores. 

2º Má governação dos partidos do governo:PS/PSD/CDS que depois se estende a todos os partidos que levaram Portugal a banca rota.

3º Corrupção nos órgãos do Estado e autarquias, repressão estatal sobre os mais desfavorecidos.

4º Partidos só fazem o que o povo não gosta: aumentar impostos e taxas, obras de fachada, transportes cada vez piores; habitação, saúde e educação são uma miragem para os trabalhadores; trabalhadores são sempre os pagadores de serviço, são explorados pelo patrão privado e pelo estado.

Hoje com uma melhoria (segundo o governo) nas contas públicas e na economia é muito natural que o povo se deslumbre e vá votar mais do que há 4 anos.

Neste sentido prevê-se que haja menos abstenção nestas eleições.

Para nós anarquistas votar deve ser a ultima coisa a fazer sobre o que deve o não ser feito e como o povo não é consultado para nada a não ser para eleger representantes, também não deve votar numa coisa que não sabe o que é e mal conhece os seus representantes.

Portanto não se deve passar cheques em branco aos partidos sob pena de ser enganado.

 

A luta pela revolução na Catalunha, em Madrid ou em qualquer parte do mundo é para continuar.

20.09.17, uon

Vejam que democratas estes espanholistas eles são.

Está visto que a democracia não funciona na Catalunha.

O governo central de Madrid impõe aos catalães uma democracia musculada, prendendo dirigentes que até são em tudo iguais aos de Madrid, só que querem realizar referendo à Catalunha como país independente.

Isto não quer dizer que depois de serem independentes os catalães não tenham os mesmo problemas de quando eram colonizados por Madrid.

Um estado é sempre um estado repressivo, musculado, explorador e contra os obreros, mas isso não retira que os catalães tenham direito a uma autodeterminação fora do domínio de Madrid.

A luta pela revolução social na Catalunha, em Madrid ou em qualquer parte do mundo é para continuar.

Algumas propostas aos partidos em Lisboa

19.09.17, uon

Propostas aos partidos em Lisboa: encerrar a av. da Liberdade ao tráfego automóvel, para acabar com a poluição atmosférica verificada; 
Abrir as laterais aos transportes, públicos e táxis; 
Acabar com os parquímetros da emel no espaço publico que é de todos;
Investimento da CML em parques subterrâneos ou a superfície pagos:
Investir na habitação reconstruindo prédios degradados privados ou da CML.
Melhores transportes públicos, mais autocarros em Lisboa; 
Investir em novas linhas de metro, para Oriente e Ocidente, utilizando as linhas da CP até Algés e Oriente; 
Nova linha de metro a superfície até Loures. 
Redução de passes e bilhetes para os utentes de transportes.
Mais liberdade, menos repressão, menos exploração aos lisboetas, menos impostos e taxas., etc. etc.

Assad e seus camaradas fascistas

13.09.17, uon

Ultimamente se usa a palavra “fascista” a todo momento, de modo que normalmente ela é utilizada mais em sentido exagerado do que real. 

No caso da Síria, no entanto, seu uso é rigoroso, sem nuances, uma definição.

Não achamos que Assad seja só fascista. 

Ele quer a viva força manter o poder. 

Por isso ele é apoiado por comunistas por fascistas, etc.

No fundo é uma luta pelo poder entre o Ocidente e Oriente (Rússia, etc).

Por que Salazar escolheu os comunistas como inimigo.

Por só eles depois dele podiam governar Portugal.

Na Síria depois de Assad só os fascistas ou comunistas...

Neste momento os comunistas portugueses estão mais sociais-democratas do nunca.

Já não oferecem perigo algum nem comem criancinhas ao pequeno almoço.

 

Ajeitaram-se ao sistema democrático da alternância governam câmaras como os partidos de direita e fazem o mesmo que fazem a Direita.

Agora o chamado e dito partido sociais-democratas (PS) está mais a direita e faz mesmo política de direita.

Passos quando foi governo fez uma politica de extrema-direita autentica de fazer inveja aos fascistas puros e duros tugas.

O PSD encontra-se como partido extremista em que o(s) seu (s) membros (s) querem pena de morte, fazem política de xenófoba e racista contra ciganos, etc.

O CDS encontra-se entre o PS e o PSD.

Recorda-se que o CDS foi um albergue de ex. membros da União Nacional do antes 25 de Abril de 1974 que agora se encontram reformados.

 

http://elcoyote.org/assad-e-seus-camaradas-fascistas/

 

É este o paraíso em que vivemos.

09.09.17, uon

Na América, Alemanha França e Portugal etc também se passa fome e ninguém se importa.

Em Portugal temos pessoas reformadas a ganhar 300 euros.

Trabalhadores a ganhar o smn e menos.

Precariedade, desemprego.

Ao menos igualem as reformas ao smn.

Enquanto temos ricos podres de ricos e políticos com reformas milionárias e trabalhadores votados ao desprezo.

É este o paraíso em que vivemos.
Acham bem.

Pág. 1/2