Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Não é justo!!

por uon, em 30.04.18

85% das mortes foram pessoas com 65 e mais anos de idade.Quem pode sobreviver com 300/400€ de reforma depois de reformado. Como é evidente o tempo de vida desse reformado não pode ser muito tempo. Pessoas que trabalharam uma vida para receber uma miséria. Não é justo o este governo adiar as reformas aos 40 anos de serviço com ordenado por inteiro. Não é justo que um reformado receba 300 euros de reforma. No mínimo devia haver umaRMN (reforma mínima nacional) de igual valor aoSMN (salário mínimo nacional). Os políticos com 12 anos de serviço recebem uma reforma vitalícia. Não é justo.

RMN.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:04

1º Maio CNT Espanha

por uon, em 30.04.18

http://www.cnt.es/noticias/convocatorias-de-cnt-para-el-primero-de-mayo

Con el lema avanzamos por la Justicia Social y Laboral, este 1º de Mayo CNT quiere hacer mas visible aún si cabe la lucha de las mujeres en el ámbito laboral, sacando a la luz pública las situaciones laborales en las que se encuentran compañeras de CNT, sus vivencias ostentando cargos en la organización o en las secciones sindicales en las empresas en redes sociales.

Este 1º de Mayo, caracterizado por la todavía reciente huelga general feminista del 8M, las masivas movilizaciones de los pensionistas, el aumento de la conflictividad laboral y las protestas por la injusta sentencia a “la manada”, la Confederación Nacional del Trabajo en la mayoría de las ciudades del estado español estará en las calles convergiendo con otras organizaciones y movimientos sociales.

Este año las previsiones son de una alta participación de trabajadoras y trabajadores en los actos convocados por CNT, por el trabajo de difusión que se ha hecho en centros de trabajo y calles, así como el descrédito que siguen sumando los sindicatos institucionales, esta vez de cara al colectivo de trabajadoras, a las que ningunearon convocando paros de de 2 horas en vez de 24 horas -como CNT- el pasado 8M y el ninguneo al colectivo de pensionistas -del que no acataron sus mandatos a la hora de negociar las pensiones con el gobierno.

En gran parte de las convocatorias de los sindicatos locales, CNT se ha esforzado en converger con el colectivo pensionista y feminista para que cuenten con este altavoz este primero de Mayo.

Pasamos a enumerar las movilizaciones de CNT en las principales ciudades del estado:

Andalucía:

Aragón:

  • Huesca: 12:00h, Plaza Santo Domingo.
  • Teruel: 12:30h, Plaza de la Catedral.
  • Zaragoza: 12:00h, Pza de San Miguel.

Asturias:

Cantabria:

Castilla y León:

Castilla la Mancha:

Cataluña:

  • Barcelona: 10:30h. Parc dels tres xemenies.
  • Granollers: 10:30h. Calle Josep Humbert, 124.
  • Manresa: 11:30h, Ben Plantada.
  • Mataró: 11,30h, Pza Miquel Biada.
  • Olot: 11:00h, Plaça Doctor Ferrer

Comunidad de Madrid:

  • Madrid: 12:00h, Pza de Oporto.

Comunidad Valenciana:

Euskadi:

  • Bilbo. Manifestación 11:30 - Gran Vía 56-58.
  • Donostia. Manifestación conjunta 12:30. Boulebard
  • Gasteiz. Manifestación conjunta 12:30. Palacio de Congresos Europa

Extremadura:

Galicia:

  • Compostela: 12:30h, Praza 8 de Marzo
  • Ourense: 12:00h Ponte Romana

Islas Canarias:

  • Las Palmas: 11:30h, Parque San Telmo.
  • Lanzarote: 18:00h, Hotel Fariones.
  • Tenerife: 14:00h, Plaza la Verdellada

Islas Baleares:

Navarra:

La Rioja:

  • Logroño: 12:3

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:51

1º de Maio 2018 Araxá (Brasil)

por uon, em 30.04.18

1¤ de Maio 2018

 
 O Primeiro de Maio representa a luta da classe trabalhadora, um dia de luto e luta em memória aos anarquistas condenados à morte por lutarem pela redução da jornada laboral.
 Os mártires de Chicago, as lutas do passado e do presente serão tema da "conversa e debate" em nossa sala, lembrar as lutas do passado e organizar as lutas do presente.

Enfrentamos um quadro de repressão e precarização, tratar das lutas que enfrentamos é uma necessidade básica e urgente.

Sindivários Araxá COB/AIT
Primeiro de Maio, lutas do passado e do presente.
Rua:104-N-130-F-S.Drummond-Setor Norte-Araxá-MG.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:36

SOLIDARIDAD OBRERA Nº 370

por uon, em 30.04.18

Link decarga https://drive.google.com/…/1uB6mx5g9S_V1OiQFkwIm19ogv…/view…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:29

https://pt-contrainfo.espiv.net/2018/04/26/porto-portugal-programa-do-1o-encontro-anarquista-do-livro-4-a-6-de-maio/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:13

[Bolívia] Você sabia que…

por uon, em 30.04.18

 

> O Primeiro de Maio (1912) foi impulsionado por sindicatos anarquistas?

> Centenas de anarquistas (homens e mulheres) foram criminalizados e exilados?

> Existia uma Federação Operária Feminina (F.O.F.) formada por mulheres bolivianas anarquistas, que lutaram por seus direitos, contra a polícia, o exército e o governo?

> Na primeira metade do século passado os sindicatos (pedreiros, carpinteiros, mecânicos e alfaiates) estavam federados na F.O.L. (Federação Operária Local) e F.O.F. (Federação Operária Feminina), ambas influenciadas pelos ideais libertários.

> As primeiras figuras do anarquismo nos sindicatos operários eram Luis Cusicanqui, Petronila Infante e Catalina Mendonza, todos trabalhadores e indígenas que falavam perfeitamente Aymara?

Se tudo isto é novo para você, informe-se…

Porque não é possível apagar a realidade da história!!!

Agrupación Acrata Libertaria

Coordinadora Libertaria

agência de notícias anarquistas-ana

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:10

O 25 de Abril de 1974 foi mau para quem perdeu o poder. Em 25 Abril de 1974 iniciou-se uma nova vida para o trabalhador e para o povo.Acabou a pide e a guerra colonial a censura e o medo e começou a liberdade de expressão de associação e reunião que estava presa nas gargantas de todo um povo. Iniciou-se uma serie de conquistas revolucionarias:reforma agrária, ocupações de terras e casas devolutas dos latifundiários e casas do estado e câmaras. A policia perdeu autoridade.Esta situação também se deve aos militares revolucionários que ajudaram o povo nas suas tarefas.Muitos patrões deram a sola para o estrangeiro e deixaram o trabalhadores sem dinheiro e sem recursos para continuar o trabalho.Algumas empresas entraram em auto gestão. Como é evidente para os pides, patrões, latifúndio, senhorios, gente do anterior regime o 25 de Abril foi muito mau por acabavam de perder o poder.Mas o poder deles renasceu em 25 de Novembro de 1975 e ainda hoje perdura passado 44 anos com a chamada democracia que só tem o nome e só tem crises para dar e desgoverno.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:22

25 de abril e opção de classe

por uon, em 26.04.18

Milhares de pessoas desfilaram pela av. da Liberdade abaixo para celebrar o 25 de Abril de 1974. Partidos, sindicatos associações e anónimos. De realçar o bloco estudantil que gritava "cancela a propina" uma das reivindicações estudantis que há anos é mais badalada, mas que não tem surtido efeitos nos políticos. As propina tem de ser pagas com algumas nuances como exemplo uma família que não tenha posses e ganhe menos de 1000 €. É justo que esse aluno não pague. Por exemplo o filho dum empresário bem sucedido o filho dum professor universitário e profissões afins paguem propinas conforme o rendimento familiar. É triste dizer isto que o estudante depois de ter o canudo na mão se queira considerar quase um "deus" da sabedoria e queira ser o chefe do operário. No Maio de 68 em França os  estudantes também foram solidários com os operários, mas estes não queriam por que os consideravam "proletários burgueses" e com um certa razão atrás descrita. Também não percebemos por que é que o governo não paga as propinas aos estudantes por que serão eles os futuros doutores governantes deste país, que aliás são eles (os doutores) que tem deitado o país abaixo em desgoverno.

Aliás temos exemplos como Durão Barroso que era todo revolucionário foi governante e hoje está na goldmam saque.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:09

O 25 de Abril teve o condão de acabar com a PIDE que prendia torturava presos políticos e com a guerra colonial onde morreram milhares de soldados e outros tantos ficaram estropiados para toda a vida e devolver a liberdade de associação reunião ao povo e a todos. Portanto não foi assim tão mau. Depois houve uma serie de outras coisas boas para muitos como foi o caso da Reforma Agrária com ocupação de terras de latifúndiarios absentistas e ocupação de casas devolutas do estado. Hoje o estado tem casas devolutas e não as dá a ninguém. Depois 25 N tudo voltou aos poucos ao antigamente. O que temos hoje governos corruptos exploradores e repressivos. Que mais é que desejam. Que Salazar volte.Não volta por que está morto e enterrado. Mas temos cá muitos aprendizes de Salazar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:20

ETA renuncia as armas

por uon, em 20.04.18

Resultado de imagem para carrero blanco

Atentado da Eta a Carrelo Blanco

Embora a ETA tenha realizado acções visavam militares e gente com poder do regime espanhol (Carrelo Blanco) apanharam também vitimas civis que nada tinha a ver com a questão basca. A esses é que devem pedir desculpa, mas nas guerras há sempre danos colaterais. Essas pessoas estavam a hora errada no local errado e como tal foram apanhados no fogo cruzado. O estado espanhol não deixa de ser culpado por não quer abdicar da questão basca, catala, etc e as vitimas deviam pedir explicações ao regime espanhol e indemnizações, mas faziam o mais fácil volta-se contra a guerrilha basca e a favor do estado espanhol.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:21

Pág. 1/4




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D