Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LUTA ENTRE CLASSES

LUTA ENTRE CLASSES

Bloco apresenta projecto para que divida seja liquidada com a entrega da casa ao banco.

28.12.18, uon

Louva-se a iniciativa do bloco.É difícil isto ser aprovado por que a direita quer que "proprietário" fique na miséria.Uma autentica roubalheira nacional os bancos ficarem com a casa e o devedor com a divida da mesma ao banco.O proprietário não é de facto.A casa fica hipotecada ao banco embora as despesas de IMI e condomínio, etc seja por conta do hipotecado.Como já ninguém assalta bancos, agora inverteram-se os termos assaltam eles o depositante.Que diria que isto ia acontecer. 

Coletes Amarelos chegam a Taipé, Taiwan

27.12.18, uon

Coletes Amarelos em França

Coletes Amarelos em França. Lusa / EPA

Milhares de manifestantes vestidos com coletes amarelos, inspirados nos recentes protestos em França e replicados em Portugal, ocuparam hoje as ruas de Taiwan para exigirem menos impostos, na sua terceira mobilização em menos de uma semana.

De acordo com agências noticiosas, milhares de manifestantes mobilizaram-se até à sede do Ministério das Finanças, em Taipé, empunhando bandeiras e gritando palavras de ordem contra a política fiscal na ilha.

Só em Portugal é que  os coletes amarelos não tiveram sucesso.Foi manipulado pela extrema direita com ajuda dos policiais que meteram centenas de policiais no marquês á espera dos antifascistas.A propaganda do governo soube matar os coletes a nascença.Como é certo sabido a polícia não dá cacetada na extrema direita por que são seus auxiliares.

Cientista diz que não motivo para alarme em relação a natalidade

26.12.18, uon

Se os putos soubessem o que é este mundo de certeza que não queriam nascer.Um mundo hipócrita, explorador de pais e filhos.Poucos ricos e muitos pobres.Fome, miséria, desemprego, repressão policial, judicial. Guerras quase em todo o lado. Direita a governar em todo o mundo.Não quer dizer que a esquerda seja diferente.Enfim um mundo de m... é o termo.Para mudar este mundo podre é preciso lutar.Em 2019 faça para que os seus filhos tenham uma vida melhor.Mexa-se não se deixe apoderar pela inercia.

Exploração e exploração

24.12.18, uon

Várias pessoas foram presas no distrito de Beja por estarem a explorar outros trabalhadores  estrangeiros na apanha da azeitona. Pois, mas explorar qualquer patrão explora, ainda hoje os supermercados estiveram em luta por melhores salários e os donos dos mesmos, não vão presos por essa mesma exploração. Até esses empresários são considerados grandes empreendedores  pelos governantes e recibidos com pompa e circunstância por isso mesmo. 

Costa dá-nos repressão

21.12.18, uon

Como era previsível o povo pobre explorado e taxado pelos sucessivos governo e por este do PS não aderiu ao protesto.Este protesto parece mais campanha eleitoral da direita e apoio a repressão das policias.Até a policia que antevia um grande movimento de manifestantes, afinal são meia-dúzia.Para um partido (PNR) que se lamenta que não tinha publicidade na CS agora teve grande visibilidade nas tv, rádios e jornais. A extrema direita em Portugal está em diversos partidos que vai desde o PS/PSD/CDS e são este que tem lixado o povo nos últimos 40 anos.Ainda bem que o pessoal não participam senão iam ser carne para policia comer.O Marques Pombal, em Lisboa, está pejado de policias de todas as qualidades e feitios prontos e entrar em acção. É que o governo do Costa nos dá.Já que não dá aumentos,da-nos repressão.

DEZ DIFERENÇAS ENTRE O FEMINISMO BURGUÊS E O FEMINISMO LIBERTÁRIO

20.12.18, uon
Texto alt automático indisponível.

DEZ DIFERENÇAS ENTRE O FEMINISMO BURGUÊS E O FEMINISMO LIBERTÁRIO

1-As feministas burguesas buscam a proteção das mulheres através dos aparatos coercitivos do Estado. As feministas libertárias defendem a autodefesa das mulheres na comunidade.

2-O feminismo burguês quer que todas as mulheres compitam em 'oportunidades iguais' e sejam recompensadas de acordo com seus méritos individuais. Pelo contrário, as feministas libertárias lutam para que cada indivíduo desenvolva-se solidariamente em igualdade e que cada um seja satisfeito de acordo com suas necessidades.

3-As feministas burguesas querem a incorporação de mulheres em posições de poder, no parlamento e nos exércitos; na alta administração de empresas capitalistas e em executivos do governo. As feministas libertárias querem a abolição das instituições hierárquicas. É por isso que eles se declaram anti-estatistas, antimilitaristas e críticos do parlamentarismo.

4-O feminismo burguês afirma que a igualdade de gênero é um "direito humano" que deve ser garantido pelo Estado. As feministas libertárias sustentam que o Estado não pode garantir a igualdade, porque a igualdade não pode ser alcançada através da hierarquia da sociedade que gera a organização piramidal e repressiva do Estado.

5-As feministas burguesas criam "consciência feminista cidadã", isto é, um conjunto de práticas e valores que criam um sujeito submisso e dócil em face das relações democrático-neoliberais. As feministas libertárias criam "consciência de classe feminista", isto é, princípios e objetivos libertários com a intenção de abolir as relações de poder e substituí-las por relações livres em igualdade.

6- As feministas burguesas insistem historicamente explicar o feminismo através de "ondas" (primeira onda de onda, terceira onda, etc.), ignorando e censurar a feminista trabalhador comunitário, anarquista. feministas libertárias, sem esquecer o feminismo teórico e contribuições contextuais hegemônica, alimentada principalmente as lutas históricas das mulheres das classes oprimidas e exploradas.

7-As feministas burguesas querem um capitalismo "verde, amigável e inclusivo". As feministas libertárias lutam contra o capitalismo e contra todas as formas de opressão, sejam econômicas, políticas ou culturais.

8-As feministas burguesas estão ligadas a organizações hierárquicas e partidos parlamentares. Promovem o eleitoralismo estatal e a importância da inclusão das mulheres na política burguesa. As feministas libertárias se organizam em associações horizontais, praticam ação direta, apoio mútuo e autogestão.

9-As feministas burguesas consideram as leis de paridade de gênero para "feminizar" as instituições hierárquicas do capitalismo. As feministas libertárias consideram que a luta antipatriarcal não se trata de dominar "equitativamente" ao mesmo tempo que os machos estatistas, mas de abolir relações de dominação.

10-As feministas burguesas querem que o homem colabore na divisão do trabalho no lar e seja um complemento para a mulher sob os cânones binaristas. As feministas libertárias, por outro lado, questionam radicalmente a heteronormatividade, a estrutura familiar patriarcal e o conceito de amor que a sustenta.

(Las Barricadas)

MILITANTE DO PCP PEDE A TODOS OS SANTINHOS QUE NÃO SE ILUDAM COM O PROTESTO DE 21D

20.12.18, uon

MILITANTE COMUNISTA DO BARREIRO PEDE A TODOS OS SANTINHOS QUE NÃO SE ILUDAM COM O PROTESTO DOS "COLETES AMARELOS".ELE DIZ QUE QUE O MESMO É OBRA DA EXTREMA-DIREITA.A EXTREMA-DIREITA EM PORTUGAL É RESIDUAL. EM FRANÇA NA MESMA ANDAM POVO QUE É EXPLORADO E QUE NÃO ENCONTRA NOS PARTIDOS SOLUÇÕES PARA OS SEUS PROBLEMAS.PARA ESTE MILITANTE SE FOSSE O PCP A ORGANIZAR O PROTESTO ERA A FAVOR DO TRABALHADOR. TODOS SABEMOS O QUE FORAM E SÃO OS COMUNISTAS NO PODER.

É PRECISO SER CONTRA O NAZI/FASCISMO E TAMBÉM CONTRA O FASCISMO VERMELHO/COMUNISTA A DEMOCRACIA FASCISTA OU SOCIAL DEMOCRATA/LIBERAL DE DIREITA NA QUAL VIVEMOS HOJE, EM PORTUGAL.

É PRECISO UM MUNDO ONDE HAJA IGUALDADE SOCIAL, DIREITOS IGUAIS, E DEVERES IGUAIS E REGRAS IGUAIS E SALÁRIOS IGUAIS, SAÚDE IGUAL, EDUCAÇÃO, LIBERDADE PLENA SEM REPRESSÃO POLICIAL E JUDICIAL E GOVERNANTES CORRUPTOS. POR AQUI VAMOS VAMOS LÁ.

UGT/CGTP não apoiam "coletes amarelos"

19.12.18, uon

Os lideres da UGT e CGTP voltam a carga de não apoiar os "coletes amarelos" coisa que as centrais não controlam.Quando não controlam não apoiam.Estas duas centrais institucionais são elas que abrem a porta a extrema direita com as traições e reformismo sindical e colaboração com o estado e o governo. Se fossem sérios não recebiam subvenções do estado e não estavam subjugados aos partidos de esquerda e da direita, faziam um sindicalismo independente e de classe como foi a antiga CGT anarcosindicalista que tinha um projecto anárquico e social para para a península ibérica juntamente com a CNT espanhola.

Acidentes nos serviços e infraestruturas do estado:Em qualquer sistema há imprevistos acidentes e omissões

19.12.18, uon

Os organismos do estado tem humanos a frente dos mesmo e como tal falham. Agora criticar o estado por tudo e por nada é também injusto. Há uma coisa em que o estado não falha e é sempre para o mesmo lado, que é manter um sistema injusto de justiça, repressivo e explorador de impostos contra os trabalhadores e contra os demais cidadãos. Neste sector o governo/estado funciona bem.O que se aproveita do estado é a educação, saúde, trabalho e os serviços públicos, só que terão de funcionar de modo diferente e em prol das pessoas e não contras elas como funciona agora.Temos de acabar com a burocracia e a corrupção no estado e os seus agentes.

Pode os coletes contribuir para uma vida melhor

18.12.18, uon

A extrema-direita pode entrar em ascensão aos poucos como aconteceu em França com o Le Pen.Foi subindo aos poucos.Hoje está com mais de 10 % dos votos embora não eleja deputados, por que sistema eleitoral francês é muito penalizador para os partidos que não concentrem votos.Quem tem contribuído para isso são os partidos que nos tem desgovernado com crises atrás de crises, corrupção generalizada e também a questão dos refugiados o crime (pedofilia/violação), etc.A extrema-direita tem solução para isso é dizer que nós vamos resolver as questões com um sistema autoritário ainda mais autoritário do que estamos metidos. Se a democracia não consegue resolver o problema, com um ditador tipo Salazar consegue-diz a extrema-direita.Só que se esquecem que um sistema fascista as pessoas empobrecem e ainda ficam mais pobres ainda e os ricos mais ricos.Lembram-se da sardinha para dois.Não poder falar livremente.Mais que dois é um comício. Ter a PIDE a policia de choque a GNR, etc a perna.A bufaria sempre existiu, mas fica muito pior do que está. O fascismo em Portugal nasceu de um golpe de estado e durou 48 anos até ao 25 de Abril. As pessoas mais novas não tem a noção do que foi o fascismo, mas sabem que a democracia não presta está inquinada. A manif dos coletes pode ser aproveitada pelo povo embora o governo do Costa não vai ceder as reivindicações como aconteceu em França.O governo cedeu por houve muita destruição e não teve alternativa. Resta também saber como vai ser a actuação da polícia se vai ser dura a reprimir ou não.Veremos.

Pág. 1/3