Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Abóboda:fábrica de agulhas fecha

28.01.09, uon

Mais uma empresa da região de Lisboa-Abobóda a Euronadel pertencente aos grupo alemão Groz-Beckert que se dedica a manufactura de agulhas, vai despedir cerca de 182 trabalhadores.

A empresa argumenta que para o fecho "contribuiu a deterioração dos diversos factores de produção na industria textil.

A empresa vai agora pagar as respectivas indemnizações superiores ao exigido por Lei.

É caso para perguntar se há dinheiro para indemnizações muito superiores ao exigido, por que não deixam a fábrica aberta e os trabalhadores ficam ocupados?

O que esta empresa quer fazer é deslocalizar mais uma vez a sua produção para uma país com mão-de-obra escrava na Ásia ou outra região qualquer, onde a lei seja feita pelos próprios patrões, por que a Lei em vigor em Portugal é boa para o patrão e má para o trabalhador, mas ainda não serve os interesses dos patrões e por isso, a sua deslocalização.