Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A ETA o Estado espanhol e Portugal

por uon, em 28.08.07

O Estado Português e espanhol andam preocupados com a ETA, que pode ter uma base em Portugal.
Não admira que os espanhois andem preocupados com a "terra basca " que pode ficar sem menos um bocado do território debaixo do domínio espanhol.
Nós e os Espanhóis fomos potências coloniais em quase todo mundo, ocupamos, matamos, roubamos e violamos outros povos pela força em nome duma pretensa civilização cristã.
Portugueses e espanhois têm as mãos sujas de sangue e a nossa história nem devia ser contada aos nossos filhos.
Nas colónias sob domínio português  surgiram movimentos de libertação nacionalistas, (Frelimo, MPLA, PAICG, Fretlin, etc)apoiados pela URSS que exigiam através das armas e pela via diplomática a independencia das colónias.
Hoje a ETA faz o mesmo pela via das armas e pela via política, quer a independência da terra basca, por que não quer estar sob domínio espanhol e quer seguir o seu próprio caminho independente.
A ETA é apelidada de "terrorista" porque faz o mesmo que outros movimentos de libertação fizeram para formar outros estados.
Um Estado combate um movimento quer quer outro Estado, o que não deixa de ser um paradigma.
Um Estado é sempre um Estado, seja ele de esquerda, direita ou centro.
Usa as forças repressivas (polícias, Exércitos etc ) e as intituições estatais ( parlamento, governo, tribunais, etc)  para submeter o povo aos seus ditames em nome de interesses capitalistas privados ou estatais.
Não há dúvida que a substituição do Estado e da sua máquina pesada é uma necessidade cada mais imperiosa, para conseguirmos uma verdadeira Liberdade.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:02




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D