Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LUTA ENTRE CLASSES

LUTA ENTRE CLASSES

A greve dos pilotos e os outros sectores de actividade

23.10.07, uon

Apesar dos Pilotos terem bons ordenados muito acima da média e terem criado uma classe corporativa diferente dos restantes trabalhadores que laboram noutras pofissões, tem direito a fazer greve e a defender os seus direitos, como é o caso, da defesa da idade de reforma aos 60 anos de idade.

 Para o governo de Sócrates esta (todas a(s) greves são "inoportunas" e "políticas" por que tocam na ferida e faz doer o coração do governo. Aqui com estes trabalhadores o governo não pode fazer nada, nem brincar, os pilotos são uma classe com um certo poder reivindicativo porque deriva da responsabilidade que exercem e o governo mostra-se disponível para negociar.

Já com outros trabalhadores como é o caso da Função Pública o governo é inflexível, porque sabe que os sindicatos CGTP/UGT estão vendidos e tem um carácter pouco reivindicativo e os trabalhadores da FP são pouco combativos e por isso, o governo tem tirado todos os benefícios sociais, laborais e salariáis aos funcionários públicos.

Os funcionários públicos estão a ser manipulados pelos sindicatos para benefícios eleitorais dos partidos de esquerda e direita e são cobaias contra o governo de Sócrates, mas no fim de contas não veêm beneficios laborais e salariáis em participar em greves e manifestações contra os governos.

A única saída para esta situação e a constituíção de novas associações laborais combativas e de classe autónomas e que se decida em assembleia as reivindicações e os planos de luta contra o governo e o patronato.