Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Todos os anos vem a público os resultados da melhores escolas, e as piores escolas.
As escolas públicas ficam sempre atrás das escolas privadas ou católicas.
É perfeitamente natural que o ensino público que abrange milhares e milhares de alunos tenha piores notas.
O estado tem desinvestido na escolas públicas, universidades,inclusivamente tem fechado muitas escolas em aldeias, vilas e cidades.
Na escola pública, encontram-se os filhos de todas as classes sociais,desempregados, precários, operários, trabalhadores médios, filhos de gente rica.
É natural que os filhos de gente rica tenha melhores notas e possam po-los nas escolas católicas e privadas.
Tem acesso a explicadores fora do horário normal escolar, boas casas, bons computadores, dinheiro, enquanto que os filhos das classes médias baixa/alta começam a ter dificuldade em sustentar os filhos, as notas podem descer.
Só os filhos de médicos, advogados, e profissões liberais e afins podem ter algum sucesso.
Os filhos dos funcionários públicos sempre roubados pelo governo, os filhos de empregados de escritório, comércio, hotelaria, etc. começam a não poder suportar o saque do Estado.
Os filhos dos operários, desempregados e precários não tem condições para dar aos filhos, os pais sempre explorados pelas classes ricas, capitalistas, patrões de 1ª e 2ª ordem, são os parentes pobres da escala indiciária.
Só há uma maneira de resolver este problema das classes nas escolas e no trabalho, é extingui-las e fazer um ensino diferente, libertário, justo, anti-selectivo, anti-competitivo, anti-autoritário e prepare os alunos para uma vida sã social e comunitária  onde todos possam ser pessoas iguais e todos possam ter as mesmas possiblidades económicas e materiais.
Mas para isso, há que mudar as mentalidades dos conservadores que não querem abdicar dos previlégios que sempre tiveram para que os mais prejudicados e explorados possam subir na vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:43




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D