Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Quando Costa/PS com o apoio de Sá Fernandes/BE entrou na Câmara entrou com vontade de apresentar trabalho.

A campanha de limpeza na cidade tinha um objectivo tirar da cidade cartazes contra o governo, etc e mais valia ter ficado quieto.

Gastou dinheiro e trabalho desnecessário.

Depois fez uma análise das finanças da Câmara e descobriu que tinham um enorme buraco e então tratou de fazer despedimentos de alguns trabalhadores que nada contribuiram para a gestão catastrófica das anteriores gestões PS/PCP etc e PSD.

Não fez aquilo que devia acabar com os tachos na Câmara e acabar com empresas como EMEL e outras que acabam por beneficiar os tachistas deste e daquele partido.

Os serviços prestados por essas empresas deveriam regressar à Câmara e serem geridos pelos serviços camarários, que eram melhor geridos.

Qualquer governo seja central ou de autarquia quando se vêem aflitos com falta de dinheiro tratam de fazer despedimentos, cortar onde não devem, e manter os gastos sumptuários viagens festas, etc.

Se a Câmara não sabe ou não quer resolver os problemas da cidade, habitação, prédios degradados, afastamento e expulsão de moradores da cidade, tirar os carros da cidade, tratar dos jardins, e fazer uma política para o povo pobre que mora em Lisboa, mais vale estar quieta, porque prejudica menos não fazendo do que fazendo.

 A cidade de Lisboa só será uma cidade agradável quando os seus serviços forem geridos pela população e pelos seus trabalhadores em autogestão de meios e recursos humanos e materiais, onde os gastos sejam controlados por todos os moradores que são os grandes beneficiários deste modelo alternativo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:20




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D