Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Os partidos e a liberdade

06.11.07, uon
Os partidos funcionam todos pela mesma bitola.
Todos têm uma estrutura hierarquica e dirigente e funcionam com orgãos internos piramidais(ex:presidente/secretário-geral, conselho nacional, e outros orgãos internos profundamente fundamentalista e autoritários e algum militante que queira pensar pela sua cabeça, não pode, por corre o risco de ser expulso e nalgumas situações em sistemas vermelhos de partido único ser morto.
Em Portugal já aconteceram vários casos de expulsões do partido.
No PS, quando os deputados Aires Rodrigues e Carmelinda Pereira do PS votaram contra o orçamento miserável de Mário Soares no ano de 1979.
No PSD, Helena Roseta também foi expulsa do partido por apoiar Mário Soares à presidência da república, e havera mais casos de expulsões dos partidos.
O caso de Luisa Mesquita não é virgem, também Jóse Magalhães/PCP recusou-se abandonar o parlamento e hoje é Secretario de Estado do PS.
Todos estes casos não são exemplo de seriedade de romper com os partidos, mas antes, mudar de partido e de cor política, para manterem o tacho.
Os únicos exemplos vivos de manifesta liberdade de expressão e de livre pensamento são dos anarquistas que não desejam qualquer tipo de poder autoritário sobre os seus companheiros.
Podem ter estruturas organizativas que funcionam na horizontal e na maior parte dos casos são rotativos.