Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

ADSE em mãos públicas

03.08.16, uon

O modelo da ADSE recomendado pela comissão, presidida pelo especialista Pedro Pita Barros, defende que a nova entidade se torne numa "pessoa colectiva de direito privado", na qual o Estado não tem responsabilidade financeira, mas acompanha e fiscaliza a sua actividade.

Com esta recomendação desta comissão o Estado demite-se das suas obrigações de gestão.

De certa forma é uma privatização que deixa um serviço do Estado que até funciona mais ou menos bem, para passar a funcionar mal e nas mãos sabe-se lá de quem e dai até uma privatização dos chineses ou de outros é um passo.

Os funcionários públicos não podem estar sujeitos a deixar na mãos de terceiros a gestão da ADSE e depois os gestores fazerem da mesma uma quinta a seu bel-prazer.

Sabe-se que o Estado com tanta entidade fiscalizadora não fiscaliza nada.

Sucede-se erros atrás de erros.