Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

banca capitalista tem de ser desmontada

21.03.16, uon

Este manifesto de figuras da politica e da finança por causa do controlo das banca portuguesa por parte dos bancos espanhóis é o regresso ao nacionalismo salazarista que alguns saudosistas querem voltar ao passado.
Portugal entrou na CEE/UE e integrou-se na união bancária e no euro o que permite que bancos estrangeiros comprem os bancos portugueses que estão em dificuldades financeiras por má gestão.
Hoje o capitalismo é global não faz sentido o nacionalismo bancário de alguns banqueiros tugas que querem controlar o sistema bancário português e desta forma blindar a banca portuguesa.
Está vist
o que os próprios capitalistas privados tugas não sabem gerir bancos por que todos eles estão em pré-falência ou dificuldades.
A nacionalização da banca é o estado torna-se dono e senhor da banca e geri-la de forma capitalista como acontecia com a banca antes da privatização.
Em alternativa os bancos podem ser geridos de forma solidária e autogestionária por quem neles trabalha e não capitalista estatal ou privada como tem vindo a ser geridos.
Um banco pede dinheiro por exemplo a 5% e empresta a 15% ou mais.
Qualquer pessoa que necessite de um empréstimo devia poder ir aonde os bancos vão pedir também e ter um juro mais baixo.
Em contrapartida uma pessoa que empreste dinheiro ao banco tem um juro irrisório de menos 0,5%.
A banca capitalista tem de ser desmontada e torna-se solidária e não usurária.