Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Cante alentejano transformado em pimba

25.11.14, uon

https://colectivolibertarioevora.wordpress.com/2014/11/25/ha-mais-cante-alentejano-para-alem-das-modas-assepticas-que-os-media-espalham-por-ai/

O cante alentejano tal como o fado vai ser transformado em património imaterial da humanidade.

Esta insigne atribuida pela Unesco, não é mais que um enlatado.

O cante não se sabe muito bem as origens.

Estará relacionado com a vida muito dura nos campos do Baixo-Alentejo que os camponeses eram votados.

O significado do cante alentejano ser cantado em coro só revela a união dos trabalhadores face a dureza da labuta nos campos alentejanos e em ultima análise a sua luta por uma vida melhor.

O cante era cantado nas tabernas, sindicatos locais e em festas e em feiras.

Segundo o site acima  primeiro grupo coral organizado aparece em Aljustrel, ligado aos mineiros, em 1926 (aqui), numa altura em que o Sindicato dos Mineiros está filiado na CGT e se afirma como anarco-sindicalista. Desconhecem-se, no entanto, as modas que cantavam.

Ontem  uma pessoa dizia na televisão que os cante alentejano ira trazer milhares de turistas para o alentejo.

No fim de contas o cante irá ser transformado num produto massificado e ser objecto de negócio o que irá desvirtuar as suas orignes e ser transformado em cante pimba.