Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Governo tira férias à administração pública

23.02.15, uon

Actual Governo diminui férias dos trabalhadores do estado, para 22 dias úteis, mantendo 1 dia por cada 10 anos de trabalho.

As férias em função da idade deixa de existir.

Para quem é contra os funcionários do estado e a suas regalias tem aqui um bom motivo para votar neste governo e vai ficar de certeza satisfeito.

Este governo tirado a papel-químico do governo PSócrates tem tirado tudo à função pública o que pode e o que não pode só resta agradecer o bom trabalho feito até aqui.

Este governo deve deixar alguma coisa para o próximo governo do PS/Costa que depois não tem trabalho para fazer.

 

FÉRIAS:

- O período normal de férias passa de 25 para 22 dias úteis.

- Deixam de existir as férias em função da idade.

- Deixa também de existir a possibilidade do gozo de meio dia de férias.

- Mantém-se o acréscimo de 1 dia de férias por cada módulo de 10 anos de serviço efetivamente prestado.

- Tem de ser gozado um período mínimo de 10 dias úteis consecutivos de férias  (anteriormente 11).

- As férias acumuladas podem ser gozadas até 30 de Abril do ano civil seguinte.

 

FALTAS POR CONTA DO PERIODO DE FÉRIAS:

- Pode faltar-se até 2 dias por mês por conta do período de férias até ao máximo de 13 dias por ano.

- Estas faltas podem ser gozadas em meios-dias.

- As faltas aqui previstas descontam, segundo opção do interessado, no período de férias do próprio ano ou do seguinte.

 

Legislação : Lei 35/2014, de 20 de Junho e Lei 7/2009, de 12 de Fevereiro.