Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

IgNobel para Malala

11.10.14, uon

Uma criança, um professor, um livro, uma caneta podem mudar o mundo”, disse Malala na ONU, no dia em que fez 16 anos.

O Comité Nobel acaba de atribuir o Prémio a Malala, uma jovem paquistanesa que levou um tiro dos talibans, mas sobreviveu e agora considerada uma politica pelos os politicos da ONU.

Malala tem um futuro como politica no seu país e com este prémio é rampa de lançamento para quando tiver idade concorrer a deputada, primeira-ministra ou presidente da república do Paquistão.

Quantas jovens no Paquistão é que são baleadas pelos talibans e não recebem prémio algum e não tem possibilidade de falar na ONU.

Atribuir um prémio a quem nada fez pela paz é uma completa abjecção e isto não quer dizer que Malala não tenha direito a receber o prémio e por outros que não fizeram  e receberam.

O Comité ignóbel também já atribuiu o prémio a Obama um politico que faz a guerra em todo mundo.

Um prémio bem atribuído seria o povo curdo em Kobane, que está a ser massacrado pelo Estado IsLãmico por terra e pelos aviões da coligação guerreira USA/CEE/NATO.