Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Jardim quer requisição civil na TAP

11.12.14, uon

O presidente do Governo Regional da Madeira disse hoje que a anunciada greve da TAP é “uma vergonha e uma irresponsabilidade”, defendeu a requisição civil e criticou a “falta de força” do Governo.

Os trabalhadores da TAP tem toda a razão em fazer greve geral contra a privatização a preço de saldo do Governo.

Jardim já veio a terreiro dizer que o governo devia decretar requisição civil na TAP e criticar a falta de força.

A constituição aprovada em 1976 não deixou por mãos alheias greves que ponham em causa o próprio sistema ao serviço do estado e do capital não fosse o diabo tece-las.

O sistema democrático quando se vê aflito impõe a a ditadura e a repressão e deita as malvas a democracia.

Contudo se o governo decretar requisição sem mais nem ontem, está a violar os direitos dos trabalhadores em defenderem a tap em mãos públicas, apesar desta administração ser uma fonte de conflito e deixar muito a desejar em matéria de gestão.

Uma greve da Tap causa imensos transtornos aos passageiros com viagem marcada, mas é melhor defender um Tap pública de que uma tap aos serviços de interesses privados nacionais ou estrangeiros.

Os trabalhadores tem capacidade para gestionar a Tap e geri-la como deve ser.