Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LIBERDADE E BEM ESTAR

LIBERDADE E BEM ESTAR

Para a história do PCP

03.02.20, uon

O PCP nasceu em 1921 de alguns militantes anarquistas deslumbrados com a revolução russa e pelo Leninismo. Depois o PCP em vez de atacar o regime tratou de atacar a CGT-Confederação Geral do Trabalho que era o bastião da classe explorada e criar a internacional sindical vermelha (ISV). Depois de dividir o sindicalismo operário com a ISV a CGT tinha dois oponentes o fascismo de Salazar e o PCP/ISV. Salazar era mais brando com os comunistas do que com os anarquistas. Tanto que o PCP sobreviveu ao fascismo e a CGT pura e simplesmente desapareceu com prisão e aniquilamento de anarco-sindicalistas e anarquistas para o Tarrafal e para o exílio.PCP também foi apanhado pelo regime de Salazar com prisão para o Tarrafal de dirigentes históricos do partido numa fase posterior. Salazar como já tinha visto livre dos anarquistas passou o PCP a ser o inimigo publico nº 1 do fascismo. O PCP chega ao 25 de Abril de 1974 como único partido organizado com alguns militantes pescados na faculdades e até Mário Soares foi militante do PCP. Sem qualquer problema o PCP legaliza-se e concorre as eleições. Apanhou a onda da reforma agrária no Alentejo não que apoiasse mas com as nacionalizações de terras, bancos, pelo governo de Vasco Gonçalves aderiram mas por oportunismo político. Muitos militantes do PCP eram donos das herdades ocupadas pelos trabalhadores rurais. Hoje a reforma agrária não existe.O PCP vai perdendo o feudo do Alentejo e a nível urbano trocado pelo PS e pelo Bloco.